Topo

COI nomeia executiva para Jogos de Milão e Cortina

18/11/2019 16h02

LAUSANNE, 18 NOV (ANSA) - A ex-campeã mundial de marcha atlética Sari Essayah foi nomeada nesta segunda-feira (18) como a presidente da Comissão de Coordenação do Comitê Olímpico Internacional (COI) dos Jogos de Inverno de 2026, em Milão e Cortina d'Ampezzo.   


A decisão do presidente do COI, Thomas Bach, foi bem recebida por diversos membros do Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni), inclusive do presidente Giovanni Malagò.   


"A escolha de Sari Essayah é uma excelente notícia para os Jogos. É uma pessoa que ganhou uma experiência importante como atleta, dirigente e político, além de vir de um país como a Finlândia que possui uma importante tradição nos esportes de inverno. Eu a conheço bem e estou feliz por poder trabalhar ao lado dela", disse Malagò.   


Natural de Haukivuori, Essayah ganhou medalhas de ouro no Mundial de 1993, em Stuttgart, e no Campeonato Europeu de 1994, disputado em Helsinque. Ela se aposentou em 1996 e ingressou no Comitê de Marcha da Associação Internacional de Federações de Atletismo (IAAF). Ao mesmo tempo, a finlandesa foi eleita nos Parlamentos do seu país (2003) e do europeu (2009). Atualmente, Essayah é secretária do Partido Democrata Cristão Finlandês.   


"É um prazer e um privilégio poder trabalhar com um grupo de pessoas tão talentoso. Estamos ansiosos para usar nossa experiência em ajudar os organizadores dos Jogos Olímpicos de Inverno a alcançar seus objetivos. Sabemos que há um grande apoio da população italiana e essa energia motivará todos nós", disse Essayah.   


A Comissa de Coordenação será composta por 10 pessoas. Além de Essayah, estão outros seis membros do COI, como o porto-riquenho Richard Carrion, a canadense Tricia Smith, o tcheco Jiri Kejval, a lituana Daina Gudzineviciute, o sul-coreano Kee Heung Lee e a norte-americana Kikkan Rendall.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Notícias