PUBLICIDADE
Topo

Papa doa R$ 1,2 milhão para 400 bolsas de estudo no Líbano

4.ago.2019 - Papa Francisco durante a oração do Angelus - Filippo Monteforte/AFP
4.ago.2019 - Papa Francisco durante a oração do Angelus Imagem: Filippo Monteforte/AFP

No Vaticano

14/05/2020 09h34

O papa Francisco doou US$ 200 mil (aproximadamente (R$ 1,2 milhão) para financiar 400 bolsas de estudos no Líbano, informou o Vaticano por meio de nota oficial hoje. O dinheiro foi enviado através da Secretaria de Estado e da Congregação para as Igrejas Orientais.

"O país dos cedros, neste ano comemorando o centenário do 'Grande Líbano', está em uma grave crise que está gerando sofrimento, pobreza e arrisca 'roubar a esperança' das jovens gerações, que veem um presente difícil e um futuro incerto.

Nesse contexto, torna-se sempre mais difícil assegurar aos filhos e filhas do povo libanês o acesso à educação que, sobretudo nos pequenos centros, sempre foi garantida pelas Instituições eclesiásticas", informa a Santa Sé.

Ainda conforme a nota, o montante doado segue como a "esperança para que se possa realizar uma aliança de solidariedade" e também "com o desejo que todos os atores nacionais e internacionais persigam responsavelmente a busca pelo bem comum, superando cada divisão ou interesse de partes".

O valor é mais uma soma dada pelo pontífice para o Oriente Médio após a criação do Fundo de Emergência para as Igrejas Orientais, que visa juntar recursos para o combate à pandemia do novo coronavírus.

O Líbano vem atravessando uma grave crise financeira, que gerou inúmeros protestos dos moradores, e vem tentando negociar um novo financiamento para tentar salvar a economia.

Notícias