PUBLICIDADE
Topo

Exportadores de café de Honduras alertam para atrasos por vírus

Marvin G. Perez

03/04/2020 07h40

(Bloomberg) -- Exportadores de café em Honduras enfrentam possíveis atrasos associados ao surto de coronavírus em meio ao embate entre municípios e ordens do governo central.

O governo hondurenho estendeu o bloqueio até 12 de abril e, embora exportadores de café estejam isentos, municípios estão impondo restrições que podem atrasar o comércio de grãos, disse Miguel Pon, diretor executivo da Adecafeh, o maior grupo exportador do país, em entrevista por telefone de Tegucigalpa.

"Nas próximas semanas, veremos qual será o efeito das decisões do governo sobre a emergência do Covid-19", disse Pon. Algumas autoridades locais de regiões produtoras de café têm "tomado decisões unilateralmente que impedem a transferência de café às unidades de processamento para exportação nas regiões de San Pedro Sula e Villanueva", disse.

O alerta coincide com uma safra menor nesta temporada, em parte porque os preços baixos dos últimos anos têm desencorajado investimentos agrícolas. Com isso, os estoques de arábica nos depósitos monitorados pela ICE estão em queda em meio aos altos preços do mercado à vista.

Os contratos futuros de arábica acumulam alta de 16% em relação à mínima atingida em meados de março, mesmo com os mercados globais de ações e commodities sendo afetados pela pandemia. Os preços se recuperaram do menor nível em 13 anos atingido no ano passado.

©2020 Bloomberg L.P.

Notícias