PUBLICIDADE
Topo

British Airways vai colocar em licença temporária 28 mil funcionários

02/04/2020 14h46

Londres, 2 Abr 2020 (AFP) - A companhia aérea British Airways colocará 28 mil funcionários, 60% do total, em licença temporária, devido à pandemia do novo coronavírus, que paralisou o setor aéreo, anunciou o sindicato Unite nesta quinta-feira.

O sindicato informou ter chegado a um acordo com a direção para recorrer ao programa do governo britânico de apoio às empresas, que irá garantir 80% dos salários, para evitar demissões durante a crise sanitária.

Um porta-voz do sindicato indicou à AFP que a medida afeta 28 mil dos 45 mil empregados da empresa, que não reagiu ao anúncio dos sindicalistas.

Segundo o Unite, o acordo vai além do mecanismo previsto pelo Executivo, já que o pagamento dos salários não ficará limitado a 2,5 mil libras por mês. O sindicato afirmou, ainda, que não haverá demissões. As medidas ainda têm que ser aprovadas pelos funcionários.

Segundo a imprensa britânica, outra companhia aérea, Virgin Atlantic, prepara-se para pedir ajuda ao governo, embora o mesmo tenha advertido que somente aplicará resgates públicos como último recurso.

jbo-acc/mb/lb

IAG - INTERNATIONAL CONSOLIDATED AIRLINES GROUP

Notícias