Topo

EUA restabelecem ajuda financeira a Guatemala, El Salvador e Honduras

16/10/2019 18h25

Washington, 16 out (EFE).- Os governo dos Estados Unidos anunciou nesta quarta-feira que restabelecerá os programas de assistência financeira a Guatemala, El Salvador e Honduras, países com os quais firmou nos últimos meses acordos para limitar a migração.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, confirmou em comunicado que informou ao Congresso da intenção da Casa Branca de retomar os fundos de assistência estrangeira para os três países do Triângulo Norte da América Central. Os programas haviam sido suspensos pelo presidente Donald Trump em março.

"Graças à política do presidente e às respostas desses países, estamos vendo um grande progresso. Os acordos de cooperação em matéria de asilo (ACA, na sigla em inglês) assinados recentemente são só um exemplo", disse o secretário de Estado na nota.

Pompeo explicou que, para apoiar os esforços dos três países, de onde vem a maior parte dos migrantes que entram ilegalmente no território americano pela fronteira com o México, serão retomados alguns programas específicos do Departamento de Estado e da Agência dos EUA para o Desenvolvimento Internacional (Usaid).

A decisão de Trump de cortar o repasse de recursos aos três países foi uma forma de pressionar os governos de Guatemala, El Salvador e Honduras a atuar para conter o fluxo migratório.

Na época, Trump chegou a afirmar que os três países "não faziam nada" para ajudar os Estados Unidos e permitiam a formação de caravanas de migrantes que partiam rumo ao território americano.

Nos acordos assinados com a Casa Branca, os governos Guatemala, El Salvador e Honduras se comprometem a se tornarem um "terceiro país seguro", onde os migrantes solicitarão asilo primeiro antes de partir em direção aos EUA. Caso cheguem até a fronteira americana, eles serão enviados de volta para a região do Triângulo Norte da América Central. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias