Topo

No Vaticano, políticos revelam brincadeira com papa e pedidos a São Pedro

do UOL

Felipe Amorim

Do UOL, em Brasília

13/10/2019 12h06

Resumo da notícia

  • Políticos que foram ao Vaticano acompanhar a canonização de Irmã Dulce contaram nas redes sociais como foi a cerimônia.
  • O vice-presidente Hamilton Mourão ouviu do Papa Francisco a pergunta de quem era melhor: Pelé ou Maradona.
  • O governador Rui Costa visitou a estátua de São Pedro e pediu a ajuda do santo para seu estado, a Bahia.

A comitiva de políticos que foi ao Vaticano acompanhar a cerimônia de canonização de Irmã Dulce usou as redes sociais para exaltar o fato de ela ser a primeira santa nascida no Brasil e a atuação da religiosa baiana na assistência aos pobres.

O vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB) revelou uma brincadeira que ouviu do papa Francisco, e o governador baiano, Rui Costa (PT), aproveitou a viagem para fazer pedidos a São Pedro.

Um grupo de pelo menos 25 autoridades e políticos brasileiros está no Vaticano na manhã de hoje para a cerimônia de canonização da religiosa.

O presidente Jair Bolsonaro alegou problemas de agenda para não viajar a Roma e enviou Mourão como representante do Planalto.

Foram ainda ao Vaticano os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, o procurador-geral da República, Augusto Aras, e o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O ex-presidente José Sarney, um dos políticos mais próximos a Irmã Dulce, também assistiu à cerimônia.

"Um sonho realizado, de alguém que dedicou a vida a cuidar do próximo, a cuidar das pessoas. Irmã Dulce, santa da Bahia, santa dos pobres", disse o governador Rui Costa, em vídeo publicado no Twitter.

O governador baiano visitou a estátua de São Pedro, no Vaticano, e pediu a ajuda do santo para seu estado.

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, afirmou que o papa Francisco "tem atuado para aumentar o diálogo da fé entre as nações e entre as religiões", disse, em texto no Twitter.

"É uma honra inexplicável fazer parte deste momento. Salve Santa Dulce dos Pobres, abençoe o nosso país", afirmou Alcolumbre.

"Que emoção acompanhar a canonização do nosso Anjo Bom da Bahia aqui no Vaticano. Nas minhas orações, pedi que ela continue guiando os nossos caminhos e olhando pelos que mais precisam", disse o prefeito de Salvador, ACM Neto, no Twitter.

O vice-presidente, Hamilton Mourão, afirmou que Irmã Dulce agora se tornava santa "do Brasil e do mundo".

Em encontro com o papa Francisco, Mourão disse ter recebido uma pergunta difícil: "Quem é melhor, Pelé ou Maradona", teria perguntado o papa, que é argentino.

Quem é Irmã Dulce

Batizada Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes, a freira católica Irmã Dulce ficou conhecida como "Anjo Bom da Bahia" e "Mãe dos Pobres" por suas ações de caridade na cidade de Salvador.

Ela nasceu na capital baiana, em 1914. A freira foi responsável por erguer as Obras Sociais Irmã Dulce, uma das maiores obras de assistência social gratuita do país, que conta com um hospital e atualmente atende uma média de 3,5 milhões de pessoas por ano.

Irmã Dulce morreu em 1992, aos 77 anos. Beatificada em 2011, a baiana é a primeira mulher nascida no Brasil declarada santa pela Igreja Católica.

Notícias