Topo

Cidadão americano é acusado de buscar alvos para atentados nos EUA

19/09/2019 22h01

Nova York, 20 Set 2019 (AFP) - O americano Alexei Saab foi denunciado nesta quinta-feira por transmitir ao Hezbollah informação sobre possíveis alvos para ataques terroristas nos Estados Unidos, informou o departamento de Justiça.

Segundo a promotoria, Saab, 42 anos e cidadão americano naturalizado (em 2008) residente em Nova Jersey, treinou a partir de 1999 com o movimento libanês xiita Hezbollah, considerado pelos Estados Unidos como uma organização terrorista.

Saab se uniu ao braço de operações no estrangeiro do Hezbollah e desde sua chegada aos Estados Unidos, no ano 2000, passou a enviar informações ao grupo sobre possíveis alvos nas principais cidades dos EUA.

"Alexei Saab supostamente utilizou seu treinamento para buscar possíveis alvos em todo os Estados Unidos", disse o promotor Geoffrey Berman.

Entre as várias denúncias está a de apoio à organização terrorista, que pode lhe custar uma pena de até 20 anos de prisão.

A promotoria também acusa Saab por "matrimônio fraudulento" visando solicitar, em 2012, a nacionalidade americana para uma mulher não identificada.

Mais Notícias