Topo

PMI composto da zona do euro cai a 50,7 em janeiro, menor nível em 66 meses

Sergio Caldas

São Paulo

24/01/2019 07h11

O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) composto da zona do euro, que mede a atividade nos setores industrial e de serviços, caiu de 51,1 em dezembro a 50,7 em janeiro, atingindo o menor nível em 66 meses, segundo dados preliminares publicados hoje pela IHS Markit. A leitura acima da marca de 50 indica expansão de atividade, mas em ritmo mais fraco. Além disso, o resultado frustrou analistas consultados pela Dow Jones Newswires, que previam alta do indicador, a 51,5.

Apenas o PMI industrial do bloco diminuiu de 51,4 em dezembro a 50,5 em janeiro, tocando o menor patamar em 50 meses. Neste caso, a projeção era estabilidade, a 51,4.

Já o PMI de serviços da zona do euro recuou de 51,2 em dezembro a 50,8 em janeiro, nível mais baixo em 65 meses. A previsão do mercado era de avanço, a 51,5. Com informações da Dow Jones Newswires.

Mais Notícias