PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Tóquio-2020: brasileiro Ítalo Ferreira conquista primeiro ouro olímpico da história do surfe

27/07/2021 06h05

O brasileiro Ítalo Ferreira se tornou nesta terça-feira (27) o primeiro campeão olímpico de surfe da história. Na final da competição, disputada em Chiba, no leste do Japão, ele bateu o japonês Kanoa Igarashi. 

O brasileiro Ítalo Ferreira se tornou nesta terça-feira (27) o primeiro campeão olímpico de surfe da história. Na final da competição, disputada em Chiba, no leste do Japão, ele bateu o japonês Kanoa Igarashi.
 

O surfista potiguar terminou a bateria decisiva com 15,14 pontos, contra 6,60 de Igarashi na praia de Tsurigasaki, a 100 quilômetros da capital japonesa. Ítalo Ferreira, campeão mundial em 2019 e segundo lugar no ranking mundial de 2021, confirmou a ótima fase e subiu ao lugar mais alto do pódio.

"Eu vim com uma frase para o Japão: diz amém que o ouro vem. Eu treinei muito nos últimos meses, mas só tenho que agradecer a Deus por tudo. Meu intuito é ajudar as pessoas e as famílias", declarou após a conquista à imprensa brasileira.

"Eu queria que a minha avó estivesse viva para ver isso. Sou muito feliz pelo que me tornei, pelo que fiz pelos meus pais. Sempre pedi para que esse sonho fosse realizado e aconteceu", reiterou.

Ítalo levou um susto nos primeiros minutos da disputa: sua prancha quebrou e ele precisou trocar por uma reserva. Mas depois de resolvido o problema, o surfista dominou a final.

Medina perdeu a disputa pelo bronze

O australiano Owen Wright levou o bronze, ao superar o outro brasileiro que estava na competição, Gabriel Medina, na decisão do terceiro lugar (11,97 a 11,77). O paulista, campeão mundial em 2014 e 2018 e atual líder do ranking mundial, foi derrotado nos últimos minutos das semifinais pelo japonês Igarashi. Na disputa do bronze, ele perdeu por apenas 0,20 ponto para Wright.

Na competição feminina, a americana Carissa Moore se tornou a primeira campeã olímpica do surfe, ao derrotar na final a sul-africana Bianca Buitendag. O bronze foi conquistado pela japonesa Amuro Tsuzuki. A brasileira Silvana Lima foi eliminada nas quartas de final por Carissa Moore. Já a gaúcha Tatiana Weston-Webb caiu nas oitavas de final de Tóquio-2020.

O surfe é um dos esportes incluídos no programa de Tóquio-2020 pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) para tentar atrair uma audiência mais jovem à competição. As finais do surfe estavam inicialmente programadas para quarta-feira (28), mas foram antecipadas em um dia devido a uma tempestade tropical que deve atingir o Japão nas próximas horas. 

(Com informações da AFP

Notícias