PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Elon Musk coloca à venda shorts para detratores de Tesla

06/07/2020 19h52

Nova York, 6 Jul 2020 (AFP) - Elon Musk zomba regularmente dos especuladores que apostam no desastre da Tesla no mercado de ações, reduzindo o preço das ações.

Em mais uma ação provocativa, o empresário colocou shorts vermelhos de cetim à venda no site da empresa de veículos elétricos.

"Aproveite o excepcional conforto proporcionado pelo som do fechamento de Wall Street", detalha a descrição da peça, oferecida no domingo, mas que já esgotou nesta segunda-feira (6).

O logotipo da empresa é bordado em ouro na frente do short, enquanto a inscrição "S3XY" aparece na parte de trás, uma referência aos modelos de carros da Tesla.

Vendido pelo valor simbólico de 69.420 dólares, numa associação do número de conotações sexuais 69 e o número 420, uma referência popular à maconha e também ao preço por ação que Musk havia proposto no Twitter em 2018 para retirar o grupo de Wall Street.

Essa mensagem, que provocou uma alta em Wall Street, também foi punida com uma advertência das autoridades do mercado de ações.

O excêntrico chefe da Tesla frequentemente brinca no Twitter com investidores conhecidos como "shorts-sellers", que especulam na bolsa de valores à procura de pequenos ou grandes movimentos de tendência de baixa.

Isso não impediu, no entanto, que a Tesla tenha apresentado um excelente desempenho no mercado de ações, onde o grupo se tornou, na semana passada, a montadora mais cara do mundo, ultrapassando a Toyota, apesar de vender muito menos carros.

Musk, considerado um executivo visionário, mas também imprevisível, já havia zombado dos "short sellers", ao prometer a eles que produziria essa peça de vestuário.

Ele também propôs enviar alguns deles para a Comissão de Supervisão de Mercados e Valores Mobiliários, a SEC, que ele ironicamente renomeou como Comissão de Enriquecimento para Especuladores, "para confortá-los nesses tempos difíceis".

jum/dho/etr/ll/lda/lca

TESLA MOTORS

TOYOTA MOTOR

Twitter

Notícias