PUBLICIDADE
Topo

S&P 500 e Nasdaq encerram em alta com esperanças de vacina e dados melhores

01/07/2020 17h13

Por Chuck Mikolajczak

NOVA YORK (Reuters) - Os índices S&P 500 e Nasdaq iniciaram o terceiro trimestre em alta nesta quarta-feira, à medida que o crescente otimismo sobre uma vacina segura e eficaz contra o Covid-19 atenuou preocupações sobre chances de outra rodada de paralisações dos negócios.

As ações da Pfizer subiram mais de 3%, depois de a farmacêutica dizer que uma vacina contra o Covid-19, em desenvolvimento com a empresa de biotecnologia alemã BioNTech, mostrou-se promissora e foi bem tolerada em testes em humanos em estágio inicial.

As ações da Pfizer estiveram entre os maiores impulsionadoras do S&P 500 e do Dow Jones, ajudando a melhorar o sentimento em Wall Street depois de o Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) do país informar 43.644 novos casos do coronavírus. As ações da BioNTech listadas nos EUA chegaram a saltar 18,9% antes de perderem força e fecharem em queda de 3,9%.

"As notícias da Pfizer certamente deram impulso para o mercado subir ainda mais, mas no geral este é um ímpeto muito positivo, olhando para além dessa nova disseminação do vírus, olhando para além dos eventuais tratamentos, eventuais vacinas e eventuais aberturas seguras da economia", disse Tim Ghriskey, estrategista-chefe de investimentos da Inverness Counsel, em Nova York.

Investidores também foram encorajados por alguns dados econômicos, já que as paralisações induzidas pelo coronavírus diminuíram. Um relatório divulgado nesta quarta-feira mostrou que a queda na produção global diminuiu em junho, com uma medida da produção manufatureira nos EUA atingindo o maior nível em mais de um ano.

Na quinta-feira, todos os olhares estarão voltados para o relatório do mercado de trabalho dos EUA fora o setor agrícola.

O Dow Jones caiu 0,3%, para 25.734,97 pontos, o S&P 500 ganhou 0,50%, para 3.115,86 pontos, e o ​​Nasdaq valorizou 0,95%, para 10.154,63 pontos.

Notícias