PUBLICIDADE
Topo

Ministro sul-coreano admite realização de teste balístico da Coreia do Norte

10/12/2019 10h04

Seul, 10 dez (EFE).- O ministro da Defesa da Coreia do Sul, Jeong Kyeong-doo, confirmou nesta terça-feira que o misterioso teste que a Coreia do Norte realizou no fim de semana, consistiu na prova de um motor para projéteis.

A declaração foi dada durante entrevista coletiva concedida em Sydney, na Austrália, onde participou de uma roda de conversas do mecanismo 2+2, de Defesa e Relações Exteriores, entre o país de Oceania e o da Ásia.

Esta foi a primeira confirmação de uma fonte oficial sobre o teste realizado na base de lançamentos de Sohae.

"Os ministros da Defesa da República da Coreia e da Austrália expressaram a profunda preocupação com relação à prova de um motor realizada em Dongchang-ri e aos lançamentos de mísseis", disse Jeong, segundo publicou a agência de notícias "Yonhap".

A Coreia do Norte realizou 13 lançamentos de projéteis neste ano, o último deles, no dia 28 de novembro, diante da falta de avanços no diálogo com a desnuclearização com o governo dos Estados Unidos.

"Exigimos que a Coreia do Norte encerre imediatamente as atividades que aumentam as tensões militares, se juntando, ao mesmo tempo, aos esforços da República da Coreia e dos Estados Unidos, junto com a comunidade internacional, para resolver a questão através do diálogo", apontou o ministro.

Ainda não há detalhes sobre o aparato testado pelos militares norte-coreanos, desde o tipo de combustível empregado - o que determina a rapidez do projétil - até a configuração e a força do empuxo, que determina o alcance do míssil. EFE

Notícias