Topo

Índices da China têm maior alta em duas semanas por expectativas de estímulo

Andy Wong/AP
Imagem: Andy Wong/AP

19/11/2019 07h31

XANGAI (Reuters) - Os índices acionários da China registraram hoje a maior alta em duas semanas, uma vez que o corte na taxa de financiamento interbancária na véspera ampliou as expectativas de mais estímulo do governo.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 1,0%, enquanto o índice de Xangai terminou com alta de 0,85%.

Na segunda-feira, o Banco do Povo da China cortou inesperadamente uma importante taxa de financiamento do mercado monetário, primeiro corte em mais de quatro anos e um sinal aos mercados de que as autoridades estão prontas para agir para impulsionar o crescimento.

A taxa de recompra reversa de sete dias foi reduzida a 2,50%, de 2,55%.

Ting Lu, economista-chefe do Nomura International, disse esperar alguns pequenos cortes, de 5 pontos básicos, em taxas de financiamento do mercado monetário antes de meados de 2020.

"Está agora bastante evidente que Pequim tem acelerado os esforços para estabilizar o crescimento uma vez que os principais líderes estão cada vez mais preocupados com a pressão de baixa sobre o crescimento", escreveu Lu.

O subíndice do setor financeiro subiu 0,34%, o de consumo avançou 0,92%, o índice imobiliário ganhou 1,65% e o de saúde teve alta de 2,1%.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,53%, a 23.292 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,55%, a 27.093 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,85%, a 2.933 pontos.
. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,00%, a 3.947 pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,34%, a 2.153 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,49%, a 11.656 pontos.
. Em SINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,61%, a 3.238 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,70%, a 6.814 pontos.

Notícias