Topo

Volkswagen Golf GTE, o GTI híbrido, chega ao Brasil por R$ 199.990

Volkswagen Golf GTE - Vitor Matsubara/UOL
Volkswagen Golf GTE Imagem: Vitor Matsubara/UOL
do UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo

04/11/2019 14h03

A Volkswagen lançou hoje (4) o Golf GTE no mercado brasileiro por R$ 199.990. O lote inicial é de 100 carros, mas a montadora afirma que novos veículos podem ser importados caso haja demanda.

A venda é realizada pela internet e apenas três concessionárias vão comercializar o veículo: Caraigá (São Paulo), Brasal (Brasília) e Servopa (Curitiba).

O modelo é o 14° dos 20 lançamentos prometidos pela empresa até 2020 e o primeiro modelo híbrido da VW no país. A montadora promete lançar seis modelos híbridos e elétricos na América Latina até 2023.

A produção do Golf GTE atual se encerra em dezembro, sendo que a nova geração do esportivo será lançada na Europa apenas no segundo semestre de 2020.

Mesmo assim, o presidente da VW América do Sul, Pablo Di Si, afirma que existe um estoque adicional além das 100 unidades iniciais.

"A gente decidiu trazer os carros agora em vez de esperar até 2021, quando o novo GTE poderia vir pra cá", declarou Pablo.

Um GTI ecológico

Vitor Matsubara/UOL
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O GTE é quase uma versão híbrida do tipo plug-in do Golf GTI, tanto que até o tradicional acabamento xadrez está presente no interior - só que com detalhes azuis.

A versão se diferencia pelos logotipos "GTE" e alguns detalhes externos em azul, como o friso da grade dianteira e as molduras dos faróis.

O Golf GTE vem com itens como piloto automático adaptativo, controle dinâmico de chassis, teto solar panorâmico, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, freio de estacionamento elétrico, painel digital com tela de 12,3 polegadas, central multimídia com tela de 9,2 polegadas com reconhecimento de gestos e alerta de colisão. Não há opcionais.

A fabricante também oferece as três primeiras revisões gratuitas, representando um valor aproximado de R$ 1.800.

Ronco de esportivo ele tem

O hatch combina o motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm com um motor elétrico de 75 kW (aproximadamente 102 cv) e 33,6 kgfm. A potência combinada é de 204 cv.

A transmissão é uma DSG de seis marchas. Existe uma função na qual o sistema de regeneração de frenagem age de forma mais ativa mesmo com o veículo em movimento, reforçando a atuação do freio motor.

Desempenho é de esportivo, com aceleração de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e velocidade máxima de 222 km/h.

Ecológico

Vitor Matsubara/UOL
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O GTE tem quatro modos de condução, que podem recarregar a bateria ou preservar a carga.

O modo elétrico tem autonomia de até 50 km e chega aos 130 km/h. No modo Battery Hold a carga da bateria é preservada, enquanto no modo Battery Charge o motor a combustão ajuda a recarregar a bateria.

Já o modo GTE faz às vezes de uma configuração Sport, que convoca os dois motores para trabalhar juntos. Além disso, ele reproduz um som de escapamento encorpado nos alto-falantes do carro.

O Golf GTE vem com itens como piloto automático adaptativo, controle dinâmico de chassis, teto solar panorâmico, ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, freio de estacionamento elétrico, painel digital com tela de 12,3 polegadas, central multimídia com tela de 9,2 polegadas com reconhecimento de gestos e alerta de colisão. Não há opcionais.

A fabricante também anunciou o lançamento de um patinete elétrico dobrável e de uma bicicleta elétrica. O patinete tem uma autonomia de 30 quilômetros e custa R$ 3.399. Já a bicicleta também está a venda por R$ 11.499.

Notícias