Topo

Suspeito de ameaçar presidente da CPMI das Fake News é identificado

Waldemir Barreto/Agência Senado
Imagem: Waldemir Barreto/Agência Senado
do UOL

Andréia Martins

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 11h05

A Polícia Legislativa identificou o suspeito de ameaçar o senador Angelo Coronel (PSD-BA), presidente da CPMI (Comissão Parlamentar Mista de Inquérito) das Fake News.

Segundo a assessoria do parlamentar, ele teria recebido oito mensagens em seu e-mail funcional com xingamentos e ameaças de morte desde a instauração da comissão, em 4 de setembro. Em uma delas, o suspeito escreveu "vou encher tua cara de chumbo".

O suspeito foi localizado pela polícia em Belo Horizonte, onde prestou depoimento. Sem ter o nome divulgado, ele confessou ser o autor das ameaças. Ele contou que agiu usando o e-mail pessoal e depois criou outros quatro endereços com nomes diferentes.

O homem é piloto civil e está desempregado desde junho. Ele se disse arrependido e que irá se retratar com o senador.

A CPMI das Fake News vai investigar a criação de perfis falsos usados para influenciar as eleições do ano passado e ataques cibernéticos contra a democracia e o debate público.

Mais Notícias