Topo

Foi preciso coragem para publicar MP dos balanços, diz Bolsonaro

Fernanda Guimarães e Mariana Haubert

Brasília

21/08/2019 11h13

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que foi preciso coragem para publicar a Medida Provisória (MP) 892/19, que permite que os balanços das companhias sejam apenas publicados nos sites da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e nos próprios endereços eletrônicos das empresas, e não mais em jornais. "Mas não sou mais machão do que ninguém aqui não", comentou para uma plateia de empresários do setor siderúrgico, no Congresso Aço Brasil.

No País, três siderúrgicas têm, por serem de capital aberto, a obrigação de publicar seus demonstrativos financeiros em jornais: Usiminas, Gerdau e Companhia Siderúrgica Nacional.

"Eu quero facilitar a vida de vocês", disse Bolsonaro ao público.

No entanto, Bolsonaro admitiu que as sinalizações são de que a "Câmara deixará a MP caducar", afirmou.

Ele pediu apoio dos empresários para que isso não ocorra.

No início do mês, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a MP não lhe parecia uma boa proposta porque poderia inviabilizar "milhares de jornais", de forma repentina. Ele disse, na ocasião, que os jornais impressos são instrumentos importantes de "divulgação de informação, da garantia da liberdade de imprensa, liberdade de expressão e da nossa democracia". Sinalizou, ainda, que o Congresso poderia modificar a medida.

Mais Notícias