PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Saiba como investir para ter uma renda constante e sem fazer nada

Getty Images
Imagem: Getty Images
Júlia Mendonça

Júlia Mendonça é formada em comércio exterior pela Universidade Positivo. Atuou como planejadora financeira entre 2015 e 2018. Especialista em orientação e planejamento financeiro pessoal, é coach e consultora de finanças, pós-graduada em investimentos, finanças e banking. É influenciadora digital no nicho de finanças e investimentos em um dos maiores canais do assunto na área do Brasil.

do UOL

02/08/2021 04h00

Você sabe que é um bom investidor e que está no caminho certo quando começa a receber seus primeiros dividendos. É uma sensação muito boa e gratificante ver suas ações, seus investimentos trabalhando por você e gerando uma renda extra sem que você tenha que fazer nada.

Esse é um sonho bastante possível de ser realizado, desde que você utilize os 3 pilares para poder viver dos seus investimentos: tempo, rentabilidade e valor.

Os pilares

Quanto mais tempo você investir, ou seja, quanto antes começar, melhor, pois assim os juros compostos vão trabalhar por mais tempo e, consequentemente, lhe render mais dinheiro. Rentabilidade é o quanto os seus investimentos vão gerar para você. Por exemplo, um rendimento de 6% ao ano, significa que se investir R$ 1.000 em um ano, ao final terá R$ 1.060.

O valor é o quanto você consegue investir por mês e, obviamente, quanto mais investir, maiores seus investimentos serão. Se usar esses pilares, já está no meio do caminho para conseguir viver de dividendos. Se conseguir unir os 3, as chances de sucesso serão muito maiores.

Os investimentos

Os dividendos nada mais são do que partes dos lucros de ações que são distribuídos entre os acionistas, ou seja, se você colocar seu dinheiro em uma ação de uma empresa, torna-se um acionista e terá direito a receber uma parte desses lucros. Os fundos imobiliários também têm essa distribuição. Comumente são chamados de dividendos também, porém o correto são rendimentos. Não há nada de diferente, apenas o nome.

As ações costumam distribuir 25% dos seus lucros para os acionistas e não há uma data para esse pagamento. Pode ser todos os meses, a cada 3, 6 meses ou 1 vez ao ano. Já os FIIs pagam 95% dos lucros todos os meses.

A carteira

Quando pensamos em uma carteira que paga bons dividendos para a aposentadoria, precisamos pensar em longo prazo e diversificação. O primeiro passo é não ter somente ações ou somente fundos imobiliários na sua carteira. É fundamental que tenha um pouco de cada, assim você acaba diminuindo bastante os riscos e aumentando as chances de ganhar mais em diversas frentes.

Pensando nisso, se você já entende renda variável, para ter uma carteira diversificada é interessante ter entre 12 a 15 ações de diferentes segmentos. Não pense apenas em quanto de dividendos a empresa paga hoje, pois a carteira tem que ser boa em décadas. Exemplo: 1 ação de banco, 1 ação de varejo, 1 ação de vestuário etc.

Tome cuidado

Também evite pegar duas ou mais empresas do mesmo nicho. Dois bancos, três de varejo... Isso não é interessante, pois qualquer coisa que ocorra naquele segmento específico pode ocasionar uma queda expressiva na sua carteira, afinal você está bem exposto com aquele tipo de empresa.

Busque ações boas, que tenham um lucro consistente, tenham uma vantagem competitiva comparada com suas concorrentes e que estão tendo um bom crescimento. Dessa maneira, a chance de elas ficarem ruins de uma hora para outra é menor.

Com os fundos imobiliários ocorre a mesma coisa. Evite pegar vários fundos similares, como muitos shoppings, vários galpões logísticos, etc. Tenha entre 8 a 10 fundos, pois dessa maneira você conseguirá ter os melhores FIIs. Exemplo: 1 FII de galpão logístico, 1 FII de shopping, 1 FII de laje corporativa etc.

Quanto rende

Os fundos imobiliários pagam rendimentos todos os meses e hoje encontramos ganhos de aproximadamente 6% ao ano. As ações também costumam pagar cerca de 6% ao ano.

Claro que você encontrará valores maiores e menores de ganhos. Essa é apenas uma média. Se você levar em consideração os 3 pilares juntamente dessa diversificação, o seu sonho poderá se tornar realidade muito mais rápido do que espera.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Notícias