PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
2 meses

Brasil chega a 41,8 milhões de vacinados contra covid, 19,75% da população

Mais de 41,8 milhões de brasileiros já receberam pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19 - Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Mais de 41,8 milhões de brasileiros já receberam pelo menos uma dose de vacina contra a covid-19 Imagem: Roberto Casimiro/Fotoarena/Estadão Conteúdo
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/05/2021 20h10

Neste sábado (22), o Brasil atingiu a marca de 41,8 milhões de vacinados contra a covid-19. Até o momento, 41.830.634 pessoas receberam pelo menos uma dose de vacina contra a doença, o equivalente a 19,75% da população brasileira. Os dados foram divulgados pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte, com base nas informações fornecidas pelas secretarias estaduais de saúde.

A primeira dose de imunizante foi aplicada em 251.742 brasileiros entre ontem e hoje. No mesmo período, outros 135.908 receberam a dose de reforço. Os estados do Amapá, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Roraima e Santa Catarina não enviaram dados atualizados sobre a vacinação até o fechamento do boletim do consórcio de imprensa, às 20h.

No total, 20.572.545 pessoas receberam as duas doses de vacina, conforme a recomendação dos laboratórios responsáveis pela fabricação da CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e Pfizer/BioNTech. O número representa 9,72% da população do país.

Proporcionalmente, o Mato Grosso do Sul continua à frente entre os estados que mais vacinaram sua população com a primeira dose: 25,44% dos habitantes locais.

O estado também lidera entre aqueles que, em termos percentuais, mais aplicaram a segunda dose: 11,89% de sua população.

Brasil tem baixa cobertura vacinal de grupos prioritários, aponta estudo

Quatro meses desde o início da vacinação contra a covid-19, o Brasil ainda atravessa uma baixa cobertura vacinal nos grupos prioritários, com apenas 6,5% da população com comorbidades abaixo dos 60 anos imunizada com a primeira dose. Os dados foram copilados em um levantamento feito por cientistas da USP (Universidade de São Paulo) em parceria com grupos da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) e UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro).

De acordo com a pesquisa que a alisa o cenário nacional de vacinação contra o coronavírus baseado em dados da Pesquisa Nacional de Saúde do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), extraídos em 18 de maio, o percentual de 6,5% é referente a menos de 2 milhões de pessoas. O grupo de brasileiros com comorbidades é estimado em pelo menos 31 milhões de pessoas em todo o país.

Já o percentual de idosos com mais de 80 anos que não completaram a segunda dose é de 45%. Segundo o estudo, houve um aumento de apenas 2% na cobertura de segunda dose ao longo da última semana analisada pela pesquisa.

Em todo o país, 30% dos idosos de 70 a 79 anos ainda não receberam a segunda dose. No grupo dos profissionais de saúde, que também é prioritário, um total de 36% ainda não recebeu a segunda dose.

Veículos se unem pela informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S.Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa para buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes de autoridades e do próprio presidente durante a pandemia colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Você utiliza a Alexa? O UOL fornece informações à inteligência artificial por voz da Amazon, com boletins de notícias e dados atualizados do número de brasileiros vacinados contra a covid-19. Para saber sobre a vacinação no país ou no seu estado com a credibilidade do UOL, pergunte: "Alexa, quantas pessoas já foram vacinadas no Brasil?", por exemplo, ou "Alexa, quantas pessoas foram vacinadas?". Nos encontramos lá!

Notícias