PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Brasileiro Feminino: Santos vence Inter e se garante na próxima fase

30/09/2020 19h56

O Santos, assim como o rival Corinthians, está garantido nas quartas de final da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino. Nesta quarta-feira (30), as Sereias da Vila derrotaram o Internacional por 2 a 0 no Sesc Campestre, em Porto Alegre, pela 12ª rodada da competição. A atacante Larissa balançou as redes duas vezes, uma em cada tempo. O duelo ficou interrompido por mais de 17 minutos devido a uma queda de energia.

O resultado levou as santistas aos 30 pontos, na segunda posição. Elas não podem mais ser alcançadas pelo Flamengo, nono colocado e primeiro time fora da zona de classificação. As rubro-negras podem igualar a pontuação do Alvinegro, mas ficarão atrás pelo número de vitórias, primeiro critério de desempate, mesmo que ganhem todos os jogos até o fim da primeira fase. O Inter segue com 24 pontos, na terceira posição, mas pode ser ultrapassado por Avaí/Kindermann e Palmeiras, que jogam na quinta-feira (1).

Garantido na próxima fase desde a rodada passada, o Corinthians manteve a liderança ao golear o Minas Brasília por 4 a 1 no Bezerrão, no Gama (DF). As atacantes Giovanna Crivelari e Victória Albuquerque (que é ex-jogadora do Minas) marcaram duas vezes e comandaram a vitória do Alvinegro, que foi a 33 pontos, com 11 vitórias em 12 jogos. A meia Gabi Arcanjo diminuiu para o time da casa, que continua com 11 pontos, na 12ª posição, a um da zona de rebaixamento à Série A2 (segunda divisão) do Brasileiro.

O Minas se beneficiou do tropeço do Iranduba para o São Paulo. Em Cotia (SP), o Hulk da Amazônia teve duas jogadoras expulsas (a zagueira Petra e a goleira Sol) e foi superado por 1 a 0, gol da atacante Duda. O resultado manteve a equipe de Manaus com 10 pontos, em 13º lugar, no Z-4. O Tricolor foi a 23 pontos, em quinto, e torce contra Ferroviária e Palmeiras para não perder posições.

Já no duelo entre Audax e Vitória, em Osasco (SP), o triunfo das paulistas por 2 a 1 sacramentou o rebaixamento das rubro-negras à Série A2. As baianas, que ainda não pontuaram após 12 partidas, balançaram as redes pela primeira vez no Brasileiro, com a meia Roqueline, mas não têm como sair do Z-4 nos três jogos finais, estacionadas no 15º lugar. O Audax, que marcou com a meia Dani Ortolan e a lateral Renata Rosa, foi a sete pontos, na 14ª posição, e ainda respira na competição.

Confira a classificação da Série A1 do Brasileiro Feminino.

Notícias