PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Itália retira 25 famílias dos Alpes por risco de desabamento de geleira

Conhecida como Planpincieux, a geleira fica localizada na região do Vale da Aosta, na fronteira da Itália com a França - Marco Bertorello/AFP
Conhecida como Planpincieux, a geleira fica localizada na região do Vale da Aosta, na fronteira da Itália com a França Imagem: Marco Bertorello/AFP

Em Aosta (Itália) *

06/08/2020 13h42

As autoridades de Courmayeur, no extremo-norte da Itália, concluíram hoje a evacuação de 75 pessoas que tiveram de deixar suas casas devido ao risco de colapso de uma geleira nas Grandes Jorasses, localizada Maciço do Monte Blanco, nos Alpes.

A evacuação das 25 famílias, a maioria delas formadas por turistas, envolveu imóveis situados no Vale Ferret, logo abaixo do glaciar. Segundo Stefano Miserocchi, prefeito da cidade, dos 75 indivíduos removidos, apenas 15 vivem na cidade.

"A evacuação era urgente e inadiável", justificou o prefeito em coletiva de imprensa realizada hoje. Várias estradas que levam ao Vale Ferret foram fechadas.

Conhecida como Planpincieux, a geleira fica localizada na região do Vale da Aosta, na fronteira da Itália com a França, e possui 2,4 quilômetros de extensão.

O glaciar possui uma massa estimada em 500 mil m³, valor que equivale a aproximadamente 150 piscinas olímpicas ou a um campo de futebol com 80 metros de gelo.

Entre setembro e outubro do ano passado, Courmayeur já havia entrado em alerta para o risco de desabamento de uma massa de 250 mil m³ no Planpincieux.

De acordo com Valerio Segor, chefe do escritório de geologia da região do Vale de Aosta, o risco de colapso se deve a um "choque térmico" no glaciar, que teve um aumento significativo das temperaturas após um período de frio intenso.

O governo regional estima que o alerta deve durar ao menos três dias ou até as temperaturas se estabilizarem.

* Com informações da AFP, em Roma (Itália)

Notícias