PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Rali do setor cíclico e dados de emprego dos EUA impulsionam ações europeias

02/07/2020 14h17

Por Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias fecharam em uma máxima de uma semana nesta quinta-feira, com as esperanças de uma vacina contra a Covid-19 e uma recuperação melhor do que a esperada dos empregos nos Estados Unidos ofuscando as preocupações sobre o aumento das infecções por coronavírus.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 1,92%, a 1.436 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 1,97%, a 368 pontos.

O índice de referência fechou um pouco abaixo de máximas atingidas na sessão após dados mostrarem que a economia norte-americana criou um recorde de 4,8 milhões de vagas de trabalho em junho depois da reabertura de bares e restaurantes.

Os bancos foram os principais ganhadores na Europa, saltando 4,3% para marcar seu melhor dia desde 5 de junho, enquanto outros setores cíclicos como montadoras, produtos químicos e companhias de seguros subiram entre 2,5% e 3,4%.

Os mercados acionários iniciaram o segundo semestre do ano em tom positivo nesta semana, depois que uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela empresa de biotecnologia alemã BioNTech e pela gigante norte-americana Pfizer foi bem tolerada em testes em estágio inicial em humanos. Além disso, pesquisas empresariais mostraram uma desaceleração da contração na produção global em junho.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,34%, a 6.240 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 2,84%, a 12.608 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 2,49%, a 5.049 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 2,88%, a 19.886 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 3,75%, a 7.498 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,79%, a 4.429 pontos.

Notícias