PUBLICIDADE
Topo

Merkel: números do coronavírus dão 'esperança', mas é 'cedo' para suavizar restrições

03/04/2020 14h40

Berlim, 3 Abr 2020 (AFP) - Os últimos dados oficiais na Alemanha, que mostram uma desaceleração da propagação do novo coronavírus, dão "um pouco de esperança" - afirmou a chanceler Angela Merkel, nesta sexta-feira (3), ressaltando que ainda é cedo, porém, para suavizar as restrições.

"É fato que os dados do Instituto Robert Koch, embora sejam altos, oferecem uma esperança prudente", declarou a chanceler em seu pronunciamento semanal, destacando, contudo, que é "muito cedo" para suavizar as medidas restritivas adotadas até agora para conter a propagação do coronavírus.

"Vemos como a propagação do vírus diminui... Está funcionando", declarou em entrevista coletiva.

Nos últimos dias, alguém com o vírus contamina uma pessoa em média, uma "taxa de reprodução" que parece se estabilizar. Nas últimas semanas, 5 a 7 pessoas eram infectadas por um único portador do vpirus.

Notícias