Topo

Tênis Nike Moon Shoe bate recorde ao ser leiloado por mais de US$ 437 mil

23/07/2019 20h58

Nova York, 23 jul (EFE).- Um colecionador canadense pagou mais de US$ 437 mil em um leilão da Sotheby's por um exclusivo par de tênis esportivo da Nike, o Moon Shoe, o primeiro modelo da marca, no qual foi utilizada a sola revolucionária com travas de borracha, informou a casa de leilões nesta terça-feira.

O importe total que será pago pelo Moon Shoe, US$ 437.500 desembolsados por Miles Nadal, superou com folga o preço recorde pago anteriormente por um par de tênis, o Converse assinado por Michael Jordan e utilizado na final de basquete dos Jogos Olímpicos de 1984 e que foi arrematado por US$ 190 mil em 2017.

Neste caso, o exemplar adquirido por Nadal é um dos de maior destaque da marca esportiva, desenhado pelo cofundador da Nike Bill Bowerman quando se inspirou na máquina de waffles de sua mulher para idealizar uma sola com excelente tração para corredores.

De fato, Bowerman teria colocado borracha sobre uma máquina de waffles modificada para fabricar o primeiro protótipo do solado do tênis, que foi desenhado para corredores nos Jogos Olímpicos de 1972, e que, mais tarde, deu lugar ao extremamente popular padrão "waffle" da Nike.

O par de Moon Shoe leiloado hoje é um dos primeiros 12 modelos que foram feitos à mão e "o único conhecido que jamais foi utilizado", segundo a Sotheby's.

Nadal descreveu sua aquisição como "um dos pares de tênis mais excepcionais jamais produzidos e um artefato da história do esporte e da cultura popular".

O colecionador também comprou os outros 99 modelos de tênis colocados à venda no leilão online "The Ultimate Sneaker Collection", que começou em 10 de julho, pelos quais pagou US$ 850 mil em uma aquisição privada há uma semana.

Nadal deve expor os 100 pares de tênis das marcas Nike, Air Jordan, Adidas e Yeezy em seu museu em Toronto, no Canadá, onde o empresário também exibe sua extensa coleção de automóveis.

Entre os 99 pares de tênis comprados na semana passada está um exemplar de cada uma das duas edições limitadas do modelo que Marty McFly usou na segunda parte de "De Volta para o Futuro": a de 2011, da qual foram produzidos 1.500 pares, e a reedição de 2016, da qual foram feitos apenas 89.

O modelo de 2011 incluía luzes nas tiras, nos calcanhares e no meio da sola, enquanto em sua reedição de 2016 foi adicionada a tecnologia de amarração automática.

Além desses modelos, a Sotheby's deu destaque para o par de Air Jordan 4 desenhado pelo rapper Travis Scott para uma coleção "Friends and Family" que jamais foi lançado, e um par de Adidas cujo design foi feito pelo músico Pharrell Williams em colaboração com a grife Chanel, e que o músico presenteou ao designer de moda falecido Karl Lagerfeld. EFE

Mais Notícias