PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Aviões colidem no ar nos EUA, e duas pessoas se salvam com paraquedas

Colisão aconteceu ontem; piloto de um dos aviões, que viajava sozinho, pousou em segurança apesar de danos - Reprodução/CBS
Colisão aconteceu ontem; piloto de um dos aviões, que viajava sozinho, pousou em segurança apesar de danos Imagem: Reprodução/CBS
do UOL

Do UOL, em São Paulo

13/05/2021 22h00Atualizada em 14/05/2021 12h53

Dois aviões de pequeno porte colidiram no ar ontem, em Denver, nos Estados Unidos. Mas segundo imagens exibidas na TV CBS, apesar de ninguém ter se ferido, a colisão criou um grande buraco em uma das aeronaves, que quase foi partida ao meio. Enquanto este avião conseguiu pousar, no outro, duas pessoas se salvaram com uso de paraquedas, aberto durante a queda da segunda aeronave.

Segundo o áudio dos controladores de voo no aeroporto da cidade, obtido pela Associated Press, o piloto pediu um pouso de emergência alegando apenas uma falha de motor, sem parecer notar os danos na estrutura do avião.

Os dois aviões envolvidos no acidente se preparavam para pousar em um pequeno aeroporto regional, identificado como Centennial Airport, no estado do Colorado.

O piloto do avião quase partido ao meio era o único a bordo do turboélice Fairchild Metroliner, com capacidade para 19 pessoas. A aeronave pertence a uma companhia aérea especializada em transporte de carga.

"Parece que o motor direito falhou, então terei que continuar meu pouso aqui", disse o profissional no áudio divulgado pelos controladores.

O segundo avião envolvido na colisão era um Cirrus SR22. O piloto, que estava acompanhado de um passageiro, conseguiu chegar ao solo em segurança com a ajuda do paraquedas, que suavizou a queda da aeronave.

Em um comunicado, o Conselho Nacional de Segurança nos Transportes (NTSB) afirmou que quatro agentes federais investigam o acidente para entender as causas da colisão.

Notícias