PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Esposa acusou Jairinho de agressão em 2013, diz jornal

O vereador Jairinho - Arquivo - Divulgação/Câmara Municipal do Rio
O vereador Jairinho Imagem: Arquivo - Divulgação/Câmara Municipal do Rio
do UOL

Do UOL, em São Paulo

10/04/2021 11h05

A dentista Ana Carolina Netto, mãe de dois filhos do vereador Dr. Jairinho, reafirmou ontem à Polícia Civil do Rio que foi agredida em 2013 pelo então marido. Eles estão separados desde então.

Segundo a ex-esposa, Jairinho agrediu-a com chutes em 29 de dezembro de 2013 após ter flagrado o parlamentar conversando com uma mulher por telefone. Ele estava dentro de um carro na garagem do prédio em que moravam na Barra da Tijuca, no rio. "Jairo, em um ataque de fúria, a segurou pelo braço e a arrastou até a cozinha, e lá passou a ofendê-la e a chutá-la diversas vezes com muita força", diz o boletim policial, diz o jornal O Globo.

O espancamento só teria parado porque a mãe da dentista intercedeu e pediu para que o vereador parasse com as agressões. Segundo a ex-esposa, a violência era constante na vida do casal, mas que a situação havia piorado no período anterior ao registro de ocorrência. De acordo com o jornal, a defesa do político nega todas as acusações.

Na época, segundo a reportagem, Netto chegou a fazer exame de corpo de delito, que atestou lesões compatíveis com sua denúncia, mas o caso acabou sendo arquivado.

Jairinho foi preso na quinta-feira (8) com a atual namorada, Monique Medeiros, mãe do menino Henry, em decorrência da investigação em que é suspeito da autoria da morte da criança. Ele tentou se beneficiar da sua influência política para atrapalhar as investigações, segundo a Polícia Civil.

Notícias