PUBLICIDADE
Topo

CAF vai liberar 2,5 bilhões dólares a países membros para combater Covid-19

08/04/2020 16h25

Caracas, 8 Abr 2020 (AFP) - O Banco de Desenvolvimento da América Latina - anteriormente conhecido como Corporação Andina de Desenvolvimento (CAF) - informou nesta quarta-feira que concederá um empréstimo de até 2,5 bilhões dólares a seus países membros para enfrentar os efeitos gerados pela Covid-19.

O banco também aprovou a possibilidade de realocar recursos de empréstimos "que ainda não foram desembolsados" para "mitigação dos efeitos do novo coronavírus, desde que eles não constituam mudanças no prazo e não levem a um aumento em seu valor", segundo comunicado enviado para a imprensa.

Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Costa Rica, México, Uruguai, Paraguai, Panamá, Peru, República Dominicana, Trinidad e Tobago, Costa Rica e Venezuela estão entre os países parceiros da CAF, conforme informações publicadas no site da entidade.

A CAF também aprovou uma linha de crédito contingente de até 50 milhões dólares por país para atender os sistemas de saúde pública da Argentina, Equador, Panamá, Paraguai, Peru, Trinidad e Tobago e Uruguai, acrescentou o texto.

Em 3 de abril, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) pediu ao setor privado que colabore com os governos no que eles esperam ser um "tsunami" dos casos do novo coronavírus na América Latina e no Caribe.

mbj/atm/mr/lca

Notícias