Topo

Netflix recupera crescimento pouco antes da estreia de concorrentes

Netflix - false
Netflix

San Francisco (EUA)

16/10/2019 18h35

As ações da Netflix mostraram recuperação nesta quarta-feira (16), depois que sua última atualização trimestral mostrou sólido crescimento de assinantes e ganhos maiores do que o esperado, semanas antes de uma grande escalada na guerra dos serviços de streaming.

A Netflix informou um lucro líquido de US$ 665 milhões no trimestre que terminou em setembro, uma alta em relação aos US$ 403 milhões reportados no mesmo período do ano passado, que superou a maioria das previsões dos analistas.

Os números anunciados pela Netflix somente se aproximaram das expectativas do mercado. A companhia com sede na Califórnia (EUA) teve ganhos de US$ 5,25 bilhões e adicionou 6,8 milhões de assinantes, chegando a um total de 158,3 milhões no mundo todo.

As ações da Netflix subiram mais de 9% nas operações posteriores ao fechamento do mercado.

A empresa demonstra confiança em meio aos novos concorrentes no mercado, como as plataformas Disney+ e Apple TV+, que estreiam em novembro. A pioneira evoca "ventos contrários modestos no curto prazo", mas não vê obstáculos no seu crescimento de longo prazo.

O analista da eMarketer Eric Haggstrom disse que o último informe indica possíveis problemas para o líder de mercado do streaming, que não atingiu as metas de assinantes.

"O quarto trimestre será um jogo completamente novo para a Netflix, já que a Disney+ e a Apple TV+ competirão não somente por assinantes, como também por programas de sucesso", disse Haggstrom.

O fato de "ter mostrado um crescimento decepcionante sem a nova concorrência presente é um sinal negativo para a Netflix em 2020 e mais para frente".

Notícias