PUBLICIDADE
Topo

Em nova função, Erik volta a marcar e se isola na artilharia da 'Era Zé'

04/02/2019 10h30

Mesmo ciente da dificuldade que o esperava para renovar o empréstimo de Erik, o Botafogo não desistiu até contar com o meia-atacante por mais uma temporada e, no último domingo, viu o jogador voltar a fazer jus à insistência da diretoria e à euforia da torcida. Contra o Boavista, Erik marcou na goleada por 3 a 0 contra o Boavista, em casa, pela última rodada da Taça Guanabara.

Com mais uma bola na rede, Erik chegou a seis gols com a camisa do Botafogo, em 21 partidas, somando com a temporada passada. As assistências pelo clube são quatro, mas são os números de tentos que o fazem o artilheiro da "Era Zé Ricardo", agora de forma isolada.

Depois do gol da estreia do Botafogo na temporada, Luiz Fernando é quem dividia a artilharia do ínterim com Erik. O fato é que o atleta emprestado pelo Palmeiras lembrou a sua "versão 2018", e desta vez atuando em uma nova função: por dentro, logo atrás de Kieza, e não pelos flancos.

Aos 24 anos, Erik foi o principal jogador alvinegro na arrancada da reta final do último Brasileiro. E, agora, novamente em paz com o barbante, será essencial para furar o bloqueio do ótimo Defensa y Justicia, um dos líderes do Argentino e o adversário do Botafogo desta quarta, pela Sul-Americana, no Nilton Santos.

OS ARTILHEIROS DA ERA ZÉ RICARDO

Erik: 6

Luiz Fernando: 5

* Rodrigo Lindoso: 4

Rodrigo Pimpão: 2

* Brenner: 2

Kieza: 2

Valencia: 2

Gols contra: 2

Carli: 1

Jean: 1

João Paulo: 1

Jonathan: 1

Gustavo Ferrareis: 1

* Rodrigo Aguirre: 1

TOTAL DE GOLS MARCADOS: 31 (em 29 partidas)

* Os atletas destacados não estão mais no Botafogo

Esporte