PUBLICIDADE
Topo

Notícias

Fortes chuvas causam mortes na Grande SP e rodízio é suspenso na capital

Motoristas enfrentam congestionamento na marginal Tietê - Hélvio Romero/Estadão Conteúdo
Motoristas enfrentam congestionamento na marginal Tietê Imagem: Hélvio Romero/Estadão Conteúdo

São Paulo

11/03/2019 09h53

As fortes chuvas que atingiram a cidade de São Paulo e o Grande ABC na noite de Domingo (10) e na madrugada desta segunda-feira, 11, causaram diversos transtornos. Por volta das 8h40, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), haviam 27 pontos de alagamento na cidade de SP, sendo 15 transitáveis e 12 intrasitáveis. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) suspendeu o rodízio em toda a capital em razão do temporal.

Apesar dos congestionamentos, a tempestade perdeu força e não há mais registro de precipitações, de acordo com o CGE. Na região do Grande ABC paulista, o Rio Tamanduateí e seus afluentes ainda estão com as cotas muito elevadas ou extravasadas, o que mantém regiões em estado de alerta por precaução.

No horário acima, a SPTrans informou que a operação dos ônibus está prejudicada em razão das fortes chuvas. O Expresso Tiradentes, na zona leste, teve sua operação paralisada. Os ônibus de oito linhas não estão circulando pela Marginal Tietê, abaixo da Ponte das Bandeiras (zona norte), e fazem desvios pela Rua Voluntários da Pátria, Rua Santa Eulália e Avenida Santos Dumont.

Outro ponto intransitável é o trecho entre as avenidas Paes de Barros e Luiz Ignacio de Anhaia Mello, na zona leste, por onde passam coletivos de 13 linhas. Alguns ônibus estão ilhados na Avenida do Estado e na região de Vila Prudente. Na zona oeste da capital, a Avenida Sumaré estava interditada no sentido Turiaçu por causa de queda de árvore.

A Linha 10-Turquesa da CPTM está paralisada em razão de alagamentos e sem previsão de volta. Às 8h40, a cidade de São Paulo registrava mais de 100 km de congestionamento. A região mais prejudicada era a zona leste, com 35 km de lentidão, seguida pela zona oeste, com 32 km de congestionamento.

Durante a madrugada, foi emitido um estado de alerta para a Marginal Tietê em razão da possibilidade de transbordamento do Rio Tietê na Ponte do Piqueri e na Ponte Dutra.

No desabamento de uma residência em Ribeirão Pires, no ABC, duas pessoas morreram, segundo informação do Corpo de Bombeiros de São Paulo, publicada em sua página no Twitter.

Na Rua Caqui, em Embu Mirim, uma casa também desabou. Quatro pessoas foram retiradas dos escombros sem ferimentos. A Via Anchieta está interditada perto da Universidade Bandeirante (Uniban). Os bombeiros relatam que a Rua Cipriano Barata, no Ipiranga, ficou alagada e um carro foi levado pela correnteza.

Para receber notícias do Brasil e do mundo, acesse o Messenger do BOL, digite "Notícias" e clique em "Sim". É simples e grátis!

Notícias