Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
1 mês

Israel reabre espaço aéreo enquanto companhias aéreas cancelam voos após ataque do Irã

Israelenses saíram de casa e alguns foram à praia um dia após ataques do Irã - Hannah McKay - 14.abr.2024/Reuters
Israelenses saíram de casa e alguns foram à praia um dia após ataques do Irã Imagem: Hannah McKay - 14.abr.2024/Reuters

Steven Scheer;

Da Reuters, em Jerusalém

14/04/2024 13h07

As companhias aéreas israelenses disseram que as operações estão voltando ao normal neste domingo, depois que um ataque noturno com mísseis e drones iranianos fechou o espaço aéreo e causou o cancelamento de voos.

Israel reabriu seu espaço aéreo a partir das 7h30 (1h30 da manhã no horário de Brasília) deste domingo, embora a expectativa seja que os horários dos voos de Tel Aviv sejam afetados e os viajantes sejam aconselhados a verificar os horários dos voos antes de irem para o Aeroporto Internacional Ben Gurion.

A companhia aérea El Al disse que retomou as operações e está "trabalhando para estabilizar o horário dos voos o mais rápido possível".

"A El Al continuará operando tanto quanto possível para preservar o transporte aéreo para Israel e de Israel", afirmou.

A companhia aérea cancelou 15 voos para a Europa, Dubai e Moscou previstos para este domingo, enquanto os voos que tinham decolado de Bangkok e Phuket foram forçados a retornar.

A pequena companhia aérea israelense Arkia disse que estava fazendo ajustes em sua programação de voos depois de um primeiro momento adiar os voos para Atenas, Milão e Genebra.

De acordo com a autoridade aeroportuária, a maioria dos voos de transportadoras estrangeiras sofreram atrasos, incluindo os voos deste domingo para Londres pela Wizz Air, para Nova Délhi pela Air India, para Madrid pela Iberia e para Marselha pela Air France.

Os voos da El Al para Londres, Frankfurt, Berlim, Bucareste, Atenas, Paris e Roma, e o voo da Ethiopian Airline para Adis Abeba conseguiram decolar.

Os voos para Israel também foram interrompidos.

A Etihad Airways, com sede em Abu Dhabi, cancelou voos para a Jordânia e Israel neste domingo, informou a companhia aérea em comunicado.

Notícias