Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Helicóptero resgata mineiros em Taiwan após terremoto

Resgate de helicóptero em Hualien, Taiwan - Tyrone Siu/REUTERS
Resgate de helicóptero em Hualien, Taiwan Imagem: Tyrone Siu/REUTERS

Yimou Lee;Fabian Hamacher;

04/04/2024 08h05Atualizada em 04/04/2024 10h09

Um helicóptero resgatou nesta quinta-feira seis pessoas que estavam presas em uma área de mineração após o pior terremoto de Taiwan dos últimos 25 anos, enquanto centenas de tremores secundários que sacudiram a região leste, perto do epicentro, levaram muitas pessoas a buscar abrigo.

O número de mortos pelo terremoto de magnitude 7,2 ocorrido na quarta-feira subiu para 10, com 1.067 feridos, informaram as autoridades. A maioria dos cerca de 50 funcionários de hotel que ficaram ilhados em uma rodovia, quando se dirigiam a um resort em um parque nacional, foi localizada.

Mas 660 pessoas ainda estavam presas, a maioria delas em hotéis no parque, depois que a estrada foi interditada, informou o corpo de bombeiros, enquanto a descoberta de um corpo em uma trilha de caminhada perto da entrada de um desfiladeiro elevou o total de mortes para 10.

Um helicóptero levou para segurança seis mineiros presos em um penhasco em um resgate dramático depois que o terremoto fechou as estradas para as altas montanhas de Hualien, em imagens exibidas pelo departamento.

O Ministério da Agricultura pediu que as pessoas se mantivessem longe das montanhas devido ao risco de queda de rochas e à formação de "lagos de barreira", pois a água se acumula atrás de escombros instáveis.

Quinta-feira foi o início de um feriado prolongado para o festival de varredura de túmulos, quando as famílias tradicionalmente voltam para casa para cuidar dos túmulos dos ancestrais, embora outras também visitem atrações turísticas.

As pessoas do condado de Hualien, em grande parte rural e pouco povoado, estavam se preparando para ir ao trabalho e à escola quando o terremoto atingiu a costa na quarta-feira.

Os prédios também tremeram violentamente em Taipé, mas a capital sofreu danos mínimos.

Todas as pessoas presas em prédios na cidade de Hualien, a mais atingida, foram resgatadas, mas muitos moradores, enervados pelos mais de 300 tremores secundários, passaram a noite ao ar livre.

"Os tremores secundários foram aterrorizantes", disse Yu, uma mulher de 52 anos que informou apenas seu sobrenome. "É ininterrupto. Não me atrevo a dormir em casa."

Com muito medo de voltar para seu apartamento, que ela descreveu como estando em uma "bagunça", ela dormiu em uma barraca em um campo esportivo que estava sendo usado como abrigo temporário.

Notícias