PUBLICIDADE
Topo
Notícias

Notícias

ANP fiscaliza qualidade dos combustíveis e interdita postos em SP

ANP fiscaliza qualidade dos combustíveis e interdita postos em SP - Reuters
ANP fiscaliza qualidade dos combustíveis e interdita postos em SP Imagem: Reuters

Wagner Gomes

São Paulo

16/08/2021 15h32Atualizada em 16/08/2021 16h47

Em uma fiscalização sobre a qualidade dos combustíveis, fornecimento do volume correto pelas bombas e apresentação de equipamentos e documentação adequados, a ANP informa que autuou cinco postos no Estado de São Paulo, dos quais três sofreram interdições.

Ao todo, foram fiscalizados em São Paulo 26 postos de combustíveis, duas revendas de GLP e quatro produtores de etanol, na capital e nas cidades de Americana, Campinas, Guarulhos, Itatiba, Jundiaí, Mauá, Morro Agudo, Osasco, Pitangueiras, Pradópolis, São Joaquim da Barra e Várzea Paulista.

Na capital paulista, um posto foi autuado e interditado em ação em parceria com o Procon-SP, o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-SP) e a Polícia Civil (DPPC).

Foram encontradas cinco infrações: rompimento de lacres de interdição anterior; comercialização de gasolina aditivada com teor de etanol anidro de 43%, quando o determinado na legislação é 27%; comercialização de gasolina premium com teor de etanol anidro de 64%, quando o correto seria 25%; comercialização de etanol hidratado com teor alcoólico abaixo do permitido; e falta de equipamentos para análise de qualidade dos combustíveis.

Também foram feitas fiscalizações em 45 cidades brasileiras de 9 a 12 de agosto.

No Rio de Janeiro, uma ação foi realizada em postos da zona norte da capital. Em um deles, foi detectado que três dos quatro bicos estavam fornecendo 4% a menos de gás do que o adquirido pelo consumidor. Os bicos foram interditados e o posto, autuado.

Em Minas Gerais, a ANP fiscalizou 16 bases de distribuidoras de asfalto e de GLP nas cidades de Lavras, Betim e Ibirité. Nas ações, que tiveram parceria do Procon-MG, foi verificada a regularidade da documentação de autorização de funcionamento e outros itens normativos.

Nas distribuidoras de GLP foram verificados ainda itens como rotulação de vasilhames, requalificação e pesagem de botijões.

Notícias