Topo

Mãe dirige 30 km após dar à luz, e pai conhece a filha antes de morrer

Nicola e Brett Kinloch com as filhas, Freya e Ella, antes de Ariya nascer - Reprodução/Facebook
Nicola e Brett Kinloch com as filhas, Freya e Ella, antes de Ariya nascer Imagem: Reprodução/Facebook

Do BOL, em São Paulo

26/02/2019 16h05

Brett Kinloch,  31 anos, conseguiu realizar o seu último desejo antes de morrer: conhecer a filha recém-nascida, Ariya. Kinloch estava lutando contra um tumor no cérebro havia quatro anos. As informações são do The Mirror.

Sua mulher, Nicola, deu à luz a terceira filha do casal na cidade de Luton, no Reino Unido, e em seguida percorreu 30 quilômetros até o hospital Milton Keynes, onde Kinloch estava internado.

"Parece horrível, mas poderia ter sido muito pior. Minha filha poderia ter nascido 24 horas depois", declarou Nicola, que agradeceu a ajuda da equipe médica do serviço de saúde pública do Reino Unido.

"As parteiras Hayley e Laura trabalharam incansavelmente para que eu pudesse pegar a estrada o mais rápido possível. Não tenho palavras para agradecer", declarou ao The Mirror.

Kinloch morreu três horas depois de conhecer a filha. "Não tenho dúvida de que ele esperou por ela", afirmou Nicola à BBC.

Professor de educação física, Brett Kinloch morava com a mulher e as outras duas filhas, Freya e Ella, na cidade de Linslade. Em 2015, ele recebeu o diagnóstico de um tumor agressivo no cérebro. Segundo a família, Kinloch nunca perdeu as esperanças. "Ele amava a vida e nunca inventou desculpas, nunca deixou [a doença] impedi-lo de viver", relembrou Nicola.

Pouco antes de morrer, Kinloch deixou um recado à família. "Tudo vai ficar bem. As coisas serão um pouco diferentes, mas vocês ficarão bem".

(Com informações do The Mirror e da BBC)

Quer receber notícias de graça por mensagem no seu Facebook? Clique AQUI e digite Notícias após acessar o Messenger. É muito simples!

Mais Notícias