PUBLICIDADE
Topo

Após vazamento de vídeo de adeus, Deyverson confirma: fica no Verdão

24/02/2019 19h09

Deyverson acabou chamando atenção novamente neste domingo, mesmo sem ele nem o Palmeiras entrar em campo. Depois de o técnico Luiz Felipe Scolari ter dito no sábado que o atacante recusou uma proposta do Shenzhen FC, da China, que poderia render 15 milhões de euros (quase R$ 64 milhões) ao clube, um vídeo de despedida do camisa 16 apareceu nas redes sociais. Tudo, porém, não passou de uma brincadeira, segundo o próprio jogador.

- Aquele vídeo que fiz foi uma brincadeira com meus amigos. É claro que não vou sair do Palmeiras, clube com quem tenho me identificado bastante. Tenho carinho pela torcida palmeirense, tenho um carinho grande pelos meus companheiros do Palmeiras, pelo Felipão, pelo Paulo (Turra, auxiliar), pelo Carlão (Pracidelli, auxiliar). São pessoas que me abraçaram e confiaram no meu trabalho - disse Deyverson, em vídeo publicado pelo Globo Esporte.

- Rapaziada, pode ficar tranquila que o Deyverson continua no Palmeiras. Para trazer muita alegria e, se Deus quiser, mais títulos juntos. Vamos comemorar mais uma vez naquele trio-elétrico, foi sensacional aquela comemoração. Estamos juntos. Dá-lhe Palmeiras! Dá-lhe Porco! - prosseguiu o camisa 16.

No vídeo de "brincadeira" do centroavante, ele avisa que embarcaria para a China "amanhã à noite". A gozação do jogador, segundo ele próprio, também cita a cusparada em Richard, do Corinthians, ato que o fez ser suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo por seis partidas - ainda tem mais três a cumprir e só poderá atuar na última rodada da primeira fase.

- Queria agradecer por ter passado os momentos mais felizes da minha vida com vocês. Passamos esses dias aqui junto, zoando, brincando, sorrindo, chorando, só que decidi na minha vida ter outros voos. Estou indo para a China amanhã à noite, rapaziada. Obrigado por tudo. Amo vocês. (...) Tem coisas que a gente faz que, infelizmente, nos prejudica. E me prejudicou muito o que fiz no jogo contra o Corinthians - falou Deyverson no vídeo "de brincadeira".

Pelo Campeonato Paulista, o camisa 16 só poderá entrar em campo contra a Ponte Preta, em 20 de março. Mas ele está à disposição para a estreia na Libertadores, no dia 6, contra o Junior Barranquilla, na Colômbia. E não é descartada sua participação, já que Scolari disse publicamente que incentivou o centroavante a ficar porque confia nele e pode discipliná-lo.

Esporte