PUBLICIDADE
Topo

Veja jogadores que já tiveram as casas assaltadas no exterior

22/02/2019 17h07

O ex-jogador Martín Demichelis, com passagens por clubes como River Plate, Atlético de Madrid, Bayern de Munique e Manchester City, além da seleção argentina viveu uma tensa situação, no último final de semana. Demichelis teve a sua residência na cidade de Marbella, na Espanha, onde vive com a mulher, a modelo Evangelina Anderson, e os três filhos, invadida por assaltantes. O ex-atleta de 38 anos enfrentou os quatro criminosos no meio da noite e conseguiu afugentá-los.

A situação vivida pelo argentino não é incomum entre jogadores de futebol. Nos últimos anos, outros atletas, entre eles alguns brasileiros, viveram situações parecidas no exterior. Relembre outros casos de roubos a residência envolvendo grandes nomes do esporte.

THIAGO SILVA

O zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint Germain, teve a sua casa na capital francesa assaltada em 22 de dezembro do ano passado. Segundo informações do jornal francês "L'Équipe", o crime foi cometido enquanto o jogador atuava na partida entre PSG e Nantes, pelo Campeonato Francês, vencida pela equipe do brasileiro.

Entre os itens levados pelos assaltantes estavam joias e relógios de luxo, o que teria gerado um grande prejuízo para o jogador. Ainda de acordo com o jornal, não havia ninguém na residência já que os familiares do zagueiro estavam no Brasil para as festas de fim de ano.

CHOUPO--MOTING

Uma semana após o assalto à casa do zagueiro Thiago Silva, em dezembro de 2018, outro jogador do PSG foi vítima do mesmo crime. O atacante camaronês Choupo-Moting teve a residência invadida por assaltantes, durante a madrugada, de acordo com o jornal "Le Parisien".

Menos de um mês antes, em 28 de novembro, Moting já havia tido a casa roubada e perdeu aproximadamente 600 mil euros (cerca de R$ 2,6 milhões).

SADIO MANÉ

O atacante senegalês Sadio Mané foi a vítima mais recente deste tipo de crime, dessa vez na Inglaterra. Mané teve sua casa assaltada, na última terça -feira, enquanto atuava pelo Liverpool na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, diante do Bayern de Munique, no Estádio Anfield. De acordo com a imprensa local, foi a segunda vez que a residência do atleta foi roubada. Os ladrões levaram relógios, celulares e as chaves dos carros.

GUILLERMO OCHOA

O goleiro mexicano Guillermo Ochoa, foi vítima de roubo a residência, enquanto atuava pela seleção de seu país na Copa do Mundo da Rússia, no ano passado. O jogador que foi titular contra a Seleção Brasileira, nas oitavas de final, teve sua casa, localizada na Cidade do México, invadida por ladrões.

De acordo com o jornal argentino "Olé", familiares de Ochoa relataram a polícia local que encontraram as portas da casa abertas e os cofres arrombados. Os criminosos levaram joias, dinheiro, roupas e outros objetos de valor.

JORDI ALBA

O final de ano parece ser a época preferida para o crime. Em novembro de 2018, a casa do jogador Jordi Alba, do Barcelona, foi assaltada com a família do atleta dentro. O lateral-esquerdo estava na Itália para disputar uma partida contra a Inter de Milão, pela Liga dos Campeões. O grupo de assaltantes entrou pelo jardim do imóvel localizado no bairro de La Bonanova. Os criminosos arrombaram um cofre e reviraram alguns quartos sem serem notados.

Enquanto isso, a família ficou no primeiro andar e não estranhou nada a não ser quando viu um carro partindo em alta velocidade.

GERARD PIQUÉ

A em que o jogador Gerard Piqué do Barcelona vive com a cantora colombiana Shakira e os filhos foi assaltada foi assaltada em junho de 2018 . Os criminosos levaram jóias da artista e relógio de luxo do atleta. No momento do crime, o casal estava na Alemanha onde a cantora faria um show da turnê El Dorado World Tour. Os pais de Piquet estavam no andar de cima da casa, mas não perceberam a movimentação dos assaltantes, segundo o jornal "Mirror". Os criminosos realizaram toda a ação durante uma tempestade e barulho da chuva abafou o da movimentação.

KEVIN-PRINCE BOATENG

Mais um jogador do Barcelona foi afetado pelo crime, no último sábado. Kevin-Prince Boateng teve sua residência assaltada enquanto estava em campo pelo cube catalão, na vitória sobre o Valladolid por 1 a 0, pelo Campeonato Espanhol. Os ladrões roubaram cerca de 300 mil euros (mais de R$ 1,2 milhões) em joias, relógios e dinheiro em espécie. De acordo com a imprensa local, os criminosos entraram no imóvel que fica no bairro Sarriá, na capital catalã, por meio de uma janela aberta.

LUCAS PRATTO

Em maio do ano passado, Lucas Pratto, atacante do River Plate, da Argentina teve a sua casa casa na cidade de La Plata assaltada por bandidos fortemente armados. Cinco assaltantes agrediram o padrasto do jogador, roubaram celulares, computador, cafeteira e cerca de 200 camisas de futebol, várias delas históricas da coleção pessoal de Pratto. O padrasto do jogador foi levado ao hospital e não sofreu ferimentos graves. Os invasores fugiram em um carro da família, depois de passarem cerca de 30 minutos no loca.

ARKADIUSZ MILIK

A residência do jogador Memphis Depay do Lyon foi assaltada na noite da última terça-feira, enquanto ele enfrentava o Barcelona na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, que terminou empatada em 0 a 0. Segundo o jornal local "Le Progrès", os ladrões quebraram uma janela e levaram joias e roupas do jogador. Foi a segunda vez que o atacante holandês teve a casa roubada. Em agosto do ano passado, ele teve um prejuízo de cerca de um milhão de euros (cerca de R$4, 2 milhões) em bens furtados.

PHILIPPE COUTINHO

O brasileiro Philippe Coutinho passou por apuros quando chegou à Espanha, no início de 2018. O jogador teve a sua casa assaltada enquanto fazia uma visita à Sagrada Família, famoso cartão postal de Barcelona. Ao retornar ao lar, Coutinho encontrou o imóvel revirado e deu falta de alguns pertences. Jornais espanhóis informaram que os ladrões se aproveitaram de obras na casa para fazer a invasão.

Esporte