PUBLICIDADE
Topo

Veja cinco motivos do Santos ter se recuperado contra o Altos

06/02/2019 21h19

O Santos goleou o Altos-PI, por 7 a 1, nesta quarta-feira, no Albertão, pela primeira fase da Copa do Brasil. Agora o Peixe espera o vencedor entre Sobradinho-DF e América-RN. Abaixo, o L! cita os cinco motivos do Alvinegro ter conseguido um resultado elástico.

Sem pilha

O Santos saiu atrás do marcador assim como contra o Ituano. Porém, desta vez, os jogadores do Peixe não sentiram e buscaram o empate a todo custo, sem reclamações com a arbitragem. O resultado foi construído ainda no primeiro tempo.

Gringos brilharam

O meia Carlos Sánchez e o atacante Derlis González foram os destaques da goleada do Santos. O uruguaio marcou dois gols (o primeiro foi uma pintura) além de ter comandado todas as ações do Peixe no meio-campo. O paraguaio marcou um gol e deu outra assistência. Além disso, o venezuelano Yeferson Soteldo fez o sexto do Alvinegro.

Nível técnico

?Uma golada só não foi colocada em discussão antes do jogo pelo Santos ter perdido de 5 a 1 para o Ituano. O Peixe jogou com tranquilidade, houve boa movimentação nas laterais e as finalizações entraram. Vitória tranquila de um time superior tecnicamente.

Intensidade de Sampaoli

Já é nítido que o técnico Jorge Sampaoli tem pedido aos jogadores não tirarem o pé do acelerador. O Santos já havia goleado São Bento e Bragantino. Com isso, o Peixe seguiu atacando e criando oportunidades. Alvinegro já tem 19 gols em seis jogos na temporada.

Espaços do Altos

Desde o gol de empate, o Altos, precisando da vitória, se desesperou e deixou espaços do meio para trás. O Santos, com sua qualidade, apostou em toques rápidos e lançamentos para a goleada. Aos 40 minutos do primeiro tempo, o Santos já vencia por 5 a 1.

Esporte