PUBLICIDADE
Topo

Fàbregas, sobre demissão de Henry no Monaco: 'Fiquei em choque'

29/01/2019 09h53

Fabregas foi a principal contratação do Monaco nesta janela de transferências. Uma das principais razões que fez com que o espanhol aceitasse o desafio foi a oportunidade de trabalhar com o ex-companheiro Thierry Henry. O francês, porém, foi demitido e Fabregas jogou apenas duas partidas sob o seu comando. Em coletiva, o meia disse que ficou em choque com a decisão do clube do Principado.

- Uma das principais razões que fizeram eu vir para o Monaco foi porque Henry me chamou. Ele me conhece muito bem, quis que eu fosse o líder desse time, que jogasse todos os minutos em minha posição. Joguei duas partidas sob o seu comando. Então, como podem imaginar, fiquei em choque por alguns dias - disse o espanhol

Henry não conseguiu sucumbir ao alto número de derrotas e a pressão. O Monaco foi eliminado da Copa da França e está na penúltima colocação do Campeonato Francês. Fabregas, por sua qualidade, naturalmente, se tornou um dos principais jogadores e tratou de acalmar a torcida do Monaco, ao dizer que, mesmo apesar do choque, vai dar o seu melhor para a equipe.

- Henry vai ser um grande treinador, não tenho dúvidas sobre isso. Nada me surpreende mais no futebol. Tudo que posso dizer é que trabalho para o Monaco. Eu tomei essa decisão e vou dar o meu melhor - finalizou

Esporte