Topo

Museu do PSG tem menção a jogo com Corinthians e "overdose" de Raí

UOL Esporte

01/11/2019 12h46

O recém-inaugurado museu do Paris Saint-Germain abusa da imagem do brasileiro Raí, que defendeu o clube entre 93 e 98. O ex-jogador tem imagens marcantes espalhadas pelas sala de troféus localizada no interior do estádio Parque dos Príncipes e é exposto como o maior jogador da história do PSG. O espaço conta com poucas imagens de Neymar e uma outra ligação com o Brasil chama a atenção: um troféu celebrando um amistoso realizado contra o Corinthians, em 2000.

Esporte