Topo
Notícias

Operadores aumentam apostas em corte de juros pelo Fed em setembro após dados de inflação

11/07/2024 10h37

(Reuters) - As autoridades do Federal Reserve, que estão em busca de sinais de que a inflação nos Estados Unidos está no caminho de sua meta de 2%, obtiveram exatamente isso nesta quinta-feira, quando um relatório do governo mostrou que os preços ao consumidor caíram de forma inesperada em junho, reforçando o argumento para um corte de juros em setembro.

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) caiu 0,1% no mês passado na base mensal, depois de ficar estável em maio, informou o Departamento do Trabalho nesta quinta-feira, enquanto a alta em 12 meses desacelerou para 3%, a menor leitura em um ano.

Os operadores reagiram rapidamente, elevando suas apostas para 85% de chance de um corte em setembro, acima dos 70% antes dos dados, e também aumentando as apostas em um segundo corte de juros em dezembro. Eles também precificaram uma chance crescente, mas ainda inferior a 50%, de que o Fed faça um terceiro corte até o final do ano.

"Se tivermos outro bom relatório de inflação em agosto, acho que poderemos ver pelo menos dois cortes nos juros este ano, possivelmente três", disse Peter Cardillo, economista-chefe de mercado da Spartan Capital Securities.

A próxima reunião do Fed será no final deste mês, e os investidores veem menos de 10% de chance de um corte. O chair do Fed, Jerome Powell, disse na terça-feira que os dados de inflação até o momento não lhe davam confiança para cortar os juros ainda, mas que o banco central o faria quando fosse necessário.

(Reportagem de Ann Saphir, Lucia Mutikani, Stephen Culp, Howard Schneider)

Notícias