Topo
Notícias

Alta no varejo ante abril é a mais acentuada desde janeiro, afirma IBGE

Rio

11/07/2024 11h47

O avanço de 1,2% nas vendas do comércio varejista brasileiro em maio ante abril foi o mais acentuado desde janeiro, quando foi registrado um crescimento de 1,9%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Comércio, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As vendas completaram cinco meses seguidos de crescimento, fazendo o varejo acumular um ganho de 5,5% ante o patamar que operava em dezembro de 2023.

"O último resultado negativo foi em dezembro de 2023 (-0,7%). A última vez que o varejo teve cinco resultados positivos seguidos só foi acontecer lá em 2020, logo depois do choque da pandemia", apontou Cristiano Santos, gerente da pesquisa do IBGE. "É um resultado bastante forte do comércio varejista neste ano de 2024 até aqui."

O volume vendido no varejo renovou patamar recorde em maio. O desempenho positivo dos últimos meses é puxado, sobretudo, pelos supermercados e farmacêuticos. Ambas as atividades também funcionam no ápice de suas séries históricas. Os supermercados acumularam um ganho de 2,6% nos dois últimos meses de avanços seguidos, enquanto os farmacêuticos acumulam uma expansão de 12,6% em quatro meses de avanços consecutivos.

No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos, material de construção e atacado alimentício, o aumento de 0,8% no volume vendido em maio ante abril sucedeu uma perda de mesma magnitude (-0,8%) vista no mês anterior.

Notícias