Topo
Notícias

OPINIÃO

Tales: Ciro destila mágoa pessoal contra Lula, PT, aliados e o irmão

do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/07/2024 11h59

O ex-ministro Ciro Gomes mostrou ainda guardar ressentimentos quanto a antigos aliados políticos, como Lula, e indicou que a relação conflituosa com seu irmão, o senador Cid Gomes (PSB-CE), está longe de uma reconciliação, avaliou o colunista Tales Faria no UOL News desta quarta (10).

Em entrevista ao UOL, Ciro disparou contra Lula, Jair Bolsonaro e o ministro da Educação Camilo Santana.

Ciro está imitando César Maia. Quando surgiram os blogs, Maia criou o dele e ficava na internet fazendo comentários o tempo inteiro. Depois, foi eleito e reeleito prefeito do Rio de Janeiro e continuou com o blog, agora uma newsletter.

Ciro segue o mesmo receituário, mas com uma grande diferença. Hoje, ele é um pote cheio de mágoa e ele a destilou toda. Há uma mágoa pessoal contra o Lula que, segundo ele, cometeu 'uma canalhice' e não o deixou ser candidato [em 2018]. Ciro acha que poderia ter sido eleito contra Bolsonaro.

Ele está magoado com o PT até hoje, e também com o irmão, com [o ministro da Educação] Camilo Santana e com antigos aliados. Ciro destilou tudo isso nessa entrevista. Tales Faria, colunista do UOL

Tales disse não estar convencido de que Ciro se manterá afastado da política. O ex-ministro afirmou que 'não será mais candidato a nada".

Ciro revelou que não será mais candidato a nada. Não acredito muito nisso. Maia fez a mesma coisa: fez o blog para se manter na mídia e voltou a ser candidato. Acredito que, cedo ou tarde, ele voltará.

Há uma articulação com Tasso Jereissati para tentar derrotar o grupo do Camilo Santana e do irmão no Ceará. Aí talvez ele volte a ser candidato por alguma coisa no Estado.

É difícil uma pessoa fazer toda essa campanha como a que ele faz para nada. Ainda não deve estar claro para Ciro, que definirá as posições ao longo do caminho. Hoje, até aqui, é um pote de mágoas. Tales Faria, colunista do UOL

Josias: Franco-atirador, Ciro tem na língua seu principal adversário

Ao afirmar que não tem pretensões políticas, o ex-ministro Ciro Gomes reforça seu papel de franco-atirador e revela como suas próprias declarações se tornaram suas rivais, disse o colunista Josias de Souza.

Ciro virou um franco-atirador. O principal adversário dele sempre foi a sua própria língua. Ele, que se diz fora da política e não tem mais interesse eleitoral, reforça esse seu caráter de franco-atirador.

E há uma mágoa. Ficou muito nítido porque ele tem tanta mágoa do PT. Ciro se recusou a fazer o papel que Haddad fez em 2018, que foi o de encarnar o vice do Lula de tal sorte que lá na frente, quando houvesse a declaração da inelegibilidade, aquele vice assumisse como uma alternativa do PT, mas tendo Lula como impulsionador. Josias de Souza, colunista do UOL

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Notícias