Topo
Notícias

Ferrari ataca 400 mil 'fakes' e destrói de carros a sapatos

Ferrari LaFerrari - Divulgação/Ferrari
Ferrari LaFerrari Imagem: Divulgação/Ferrari
do UOL

Gabriel Lima

Colaboração para o UOL

10/07/2024 13h25

Sempre pedindo auxílio a amantes da marca para encontrar falsificadores mundo afora, a Ferrari anunciou que destruiu mais de 400 mil produtos com o Cavalo Empinado que não eram licenciados pela fabricante. Entre eles estão milhares de peças de roupas, miniaturas e até carros.

O que aconteceu

Em um post nas redes sociais, a Ferrari revelou o número de produtos falsificados que destruiu no ano passado. Os produtos não-licenciados incluíam três carros.

Além disso ainda havia 100.351 peças de roupa falsas, 30.161 perfumes, 17.231 bolsas, 17.438 pares de sapatos, 60.903 relógios, 13.415 cintos, 11.500 adesivos, 800 patinetes, 872 miniaturas, 91.229 óculos, 1.092 bolas de futebol e 57.503 carteiras.

A Ferrari possui um sistema de recompensa no qual incentiva pessoas a denunciarem empresas vendendo produtos falsificados da fabricante. Para isso, é preciso enviar detalhes sobre a empresa falsificadora, número aproximado de produtos envolvidos e fotos.

Desta forma, a Ferrari apenas vai atrás e aceita denúncias de lojas que vendam seus produtos presencialmente.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Notícias