Topo
Notícias

Trabalhador morre após receber descarga elétrica no Tribunal Superior do Trabalho

Sede do TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília - Sérgio Lima/Folhapress
Sede do TST (Tribunal Superior do Trabalho), em Brasília Imagem: Sérgio Lima/Folhapress

09/07/2024 17h58

Um funcionário terceirizado do Tribunal Superior do Trabalho (TST) morreu nesta terça-feira, 9, após receber uma descarga elétrica enquanto fazia a manutenção de uma placa solar da sede da Corte, em Brasília. O trabalhador, de 39 anos, recebeu os primeiros socorros no local, mas sofreu uma parada cardíaca e não resistiu aos ferimentos.

A equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal tentou ressuscitá-lo por quase uma hora. O eletricista estava vestindo todos os equipamentos de proteção individual necessários para o trabalho, segundo o Tribunal. Em nota, a Corte lamentou a morte e afirmou estar prestando apoio à família do trabalhador. O nome do funcionário não foi divulgado.

O TST também disse ter compromisso com a segurança dos trabalhadores e que vai colaborar com as investigações da polícia sobre o caso. "O Tribunal Superior do Trabalho lamenta profundamente o ocorrido e está prestando todo apoio e solidariedade à família da vítima. Reafirma, também, o seu compromisso com os mais altos padrões de segurança do trabalho e informa que está colaborando com as investigações das autoridades policiais."

Notícias