Topo
Notícias

Secretário de cidade em Minas Gerais é indiciado por importunação sexual contra servidora

09/07/2024 19h17

A Polícia Civil de Minas Gerais indiciou nesta terça-feira, 9, o secretário de Defesa Social de Vespasiano, região metropolitana de Belo Horizonte, por importunação sexual contra uma servidora. William Soares Santos, de 62 anos, é acusado por uma mulher de 40 anos de tê-la assediado com palavras de conotação sexual e depois ter mordido o seio dela.

O crime teria ocorrido no dia 25 de março deste ano. Segundo a Polícia Civil, há outros três inquéritos contra ele em andamento também sobre importunação sexual. Os casos estão sob segredo de justiça, de acordo com o Ministério Público de Minas Gerais.

Ao Estadão, o secretário negou as acusações e afirmou ter dez testemunhas a seu favor. Em nota, a defesa disse que William nunca teve qualquer relação com a vítima e argumentou que os fatos se tornaram públicos no período eleitoral com o objetivo de atingi-lo.

Procurada, a prefeitura de Vespasiano informou que abriu um processo administrativo para apurar os fatos. Ao ser questionada se Willian continua a ocupar o cargo, a administração municipal não respondeu.

Notícias