Topo
Notícias

BGC/Pesquisa: maioria prevê contingenciamento ou bloqueio de até R$ 10 bi em gasto do governo

São Paulo

09/07/2024 11h21

A maioria dos agentes do mercado financeiro acredita que o governo federal anunciará um bloqueio ou contingenciamento de até R$ 10 bilhões nos gastos quando publicar o relatório de avaliação de receitas e despesas primárias do terceiro bimestre, segundo pesquisa feita pela BGC. O documento deve ser divulgado até o dia 22.

De acordo com a pesquisa, uma fatia de 25% dos entrevistados acha que a revisão de gastos ficará na faixa dos R$ 10 bilhões. Abaixo desta faixa há 11% que esperam algo em torno de R$ 5 bilhões, e 19% que esperam por volta de R$ 8 bilhões.

Outros 11% acham que a revisão será de R$ 13 bilhões, e 17% acreditam em um valor mais próximo a R$ 15 bilhões. Uma parcela de 3% das pessoas consultadas aposta que o bloqueio ou contingenciamento será de R$ 18 bilhões, e 14% esperam R$ 20 bilhões ou mais.

A maioria dos entrevistados (42%) acha que o mercado está efetivamente esperando uma revisão de R$ 10 bilhões nos gastos, mas 17% apontam que a expectativa paira em torno de R$ 15 bilhões e 19% acham que a projeção dos investidores está em R$ 20 bilhões ou mais.

Com isso, a perspectiva da maioria dos agentes (57%) é de que a reação a um anúncio de contingenciamento ou bloqueio de R$ 10 bilhões seria neutra, mas com mais chances de gerar um efeito negativo (33%) do que positivo (11%) no mercado. É quase unânime, porém, a percepção de que um anúncio de R$ 20 bilhões ou mais provocaria uma reação positiva no mercado financeiro.

A pesquisa da BGC, feita entre os dias 4 e 8 de julho, colheu as opiniões de 40 instituições, sendo 58% gestoras de ativos, 32% bancos e 10% outros tipos de instituição. Mais de dois terços das pessoas que responderam à pesquisa são gestores e traders, e os demais são economistas ou analistas.

Notícias