Topo
Notícias

Ataque ucraniano mata quatro em área de fronteira um dia após míssil russo em Kiev

Pessoas se reúnem próximas a danos em uma estrada em Belgorod, Rússia, em 9 de julho de 2024 - Valentin Demidov via Telegram/via REUTERS
Pessoas se reúnem próximas a danos em uma estrada em Belgorod, Rússia, em 9 de julho de 2024 Imagem: Valentin Demidov via Telegram/via REUTERS

09/07/2024 01h08Atualizada em 09/07/2024 08h36

Ataques ucranianos na área fronteiriça russa de Belgorod deixaram pelo menos quatro mortos nas últimas 24 horas, informou nesta terça-feira (9) o governador da região.

"Foram 24 horas difíceis para a região de Belgorod. Quatro pessoas morreram, 20 ficaram feridas, 17 permanecem em centros médicos, duas em condição grave", publicou no Telegram o governador Viacheslav Gladkov.

Valentin Demidov, prefeito de Belgorod, capital da região de mesmo nome, afirmou que as forças ucranianas executaram um ataque noturno.

"As Forças Armadas ucranianas continuam atacando assentamentos na região de Belgorod", afirmou Demidov no Telegram.

O Ministério da Defesa russo anunciou que destruiu 38 drones ucranianos durante a noite nas regiões de Kursk, Voronezh, Volgogrado, Rostov e Astrakhan.

O ataque aconteceu depois que a Rússia disparou mísseis na segunda-feira contra várias cidades da Ucrânia, bombardeios que deixaram dezenas de mortos e provocaram danos a um hospital pediátrico de Kiev.

O presidente ucraniano Volodimir Zelensky afirmou que os ataques russos deixaram 37 mortos, incluindo três crianças, e 170 feridos.

Também afirmou que os ataques provocaram danos em quase 100 edifícios, incluindo várias escolas e uma maternidade.

Notícias