Topo
Notícias

Conteúdo publicado há
15 dias

Justiça do RJ condena 'Careca', policial que transportava dinheiro para o doleiro Youssef

A condenação atende a pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) - Sérgio Moraes/Ascom AGU
A condenação atende a pedido da AGU (Advocacia-Geral da União) Imagem: Sérgio Moraes/Ascom AGU

Do Estadão Conteúdo, em Brasília

24/06/2024 16h47Atualizada em 24/06/2024 18h15

A 8ª Vara Federal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro condenou o policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, conhecido como "Careca", por improbidade administrativa. Ele era o responsável por entregar malas de dinheiro para o doleiro Alberto Youssef, condenado na Lava Jato e um dos principais delatores na operação, e já havia sido condenado na esfera criminal, por lavagem de dinheiro.

A sentença determinou a perda do cargo público do policial, a perda dos direitos políticos por seis anos, a cobrança de multa no valor do enriquecimento ilícito e a devolução dos valores desviados.

A condenação atende a pedido da Advocacia-Geral da União (AGU), que alegou que o agente usou seu cargo público para beneficiar uma organização criminosa. O ex-policial também facilitou o acesso de terceiros às instalações do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, entre 2010 e 2014.

Notícias