Topo
Notícias

Bruxelas descarta receber partida de futebol entre Bélgica e Israel por questões de segurança

19/06/2024 13h14

As autoridades comunitárias de Bruxelas anunciaram nesta quarta-feira (19) que consideram "impossível" organizar em setembro uma partida de futebol entre as seleções da Bélgica e de Israel, por classificarem este jogo como de "alto risco".

"Devido à situação dramática no Oriente Médio, o colégio de prefeitos e vereadores da cidade de Bruxelas considera impossível organizar esta partida de alto risco em seu território", afirmaram os responsáveis em comunicado.

Os funcionários acrescentaram que a Bélgica e Israel deveriam se enfrentar em 6 de setembro em uma partida válida pela Liga das Nações da UEFA, originalmente prevista no estádio Rei Balduíno, anteriormente conhecido como estádio de Heysel.

O jogo "sem dúvida provocará manifestações e contramanifestações significativas, comprometendo assim a segurança de espectadores, jogadores, moradores de Bruxelas, bem como de nossas forças policiais", destacou a nota.

Segundo as autoridades, os jogos da seleção belga no Rei Balduíno têm sido "tradicionalmente momentos de união e encontro".

"A situação humanitária e de segurança em Gaza e suas múltiplas repercussões obrigam a cidade de Bruxelas a informar à URBSFA (Federação Belga de Futebol) que a organização deste jogo não é possível neste estádio".

O estádio de Heysel se tornou famoso em 1985 após uma confusão provocada por uma briga entre torcedores da Juventus e Liverpool, que resultou na morte de 39 torcedores e mais de 600 feridos.

O estádio foi remodelado em 1995 e rebatizado como Rei Balduíno.

ahg/mcd/jb/dd

© Agence France-Presse

Notícias