Topo
Notícias

Senado da Itália aprova projeto de eleição direta para premiê

18/06/2024 13h32

ROMA, 18 JUN (ANSA) - O Senado aprovou nesta terça-feira (18) um projeto de reforma constitucional para implementar eleições diretas ao cargo de primeiro-ministro da Itália. A iniciativa, que passou com 109 votos a 77, foi proposta pela atual premiê, Giorgia Meloni. O texto agora segue para a Câmara.   

O placar dos senadores não atingiu os dois terços que seriam necessários para evitar que seja necessário um referendo popular sobre a medida. O cenário deve se repetir entre os deputados.   

No atual sistema, os partidos iniciam as negociações para formar um governo após eleições gerais parlamentares, e a coalizão que tiver conquistado a maioria das cadeiras escolhe um indivíduo para propor ao presidente da República como premiê.   

Essa figura não necessariamente precisa ser um dos candidatos a premiê apresentados durante a campanha eleitoral.   

Meloni argumenta que a reforma levará a governos mais fortes e estáveis, em um país que já teve 68 governos diferentes em 75 anos de história republicana.   

"Um primeiro passo à frente para reforçar a democracia, dar estabilidade às nossas instituições e restituir aos cidadãos o direito de escolher por quem ser governados", disse Meloni após a aprovação.   

Já a legenda opositora de centro-esquerda Partido Democrático (PD) classificou a proposta como "perigosa", afirmando que ela "enfraquece o Parlamento e as prerrogativas do presidente".   

Os partidos de oposição se reuniram em manifestação contra a reforma. Representantes de PD, Movimento 5 Estrelas (M5S), Aliança Verdes e Esquerda (AVS) e Mais Europa foram à Piazza Santi Apostoli com bandeiras das siglas, da Itália, da Europa e da paz.   

Entre as diversas músicas executadas através dos alto-falantes, "Bella ciao" foi entoada diversas vezes. Entre os cartazes, estão os que dizem "Ditadores da Itália, não irmãos" (em referência ao partido da premiê, Irmãos da Itália) e "Agressão no Parlamento". (ANSA).   

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.

Notícias