Topo
Notícias

Progresso na inflação parece ter pausado no primeiro trimestre de 2024, avalia Kugler, do Fed

São Paulo, 18

18/06/2024 15h01

Diretora do Federal Reserve (Fed), Adriana Kugler afirmou nesta terça-feira, 18, que o progresso em direção à meta de 2% da inflação nos Estados Unidos teve uma "pausa" no começo do ano, embora haja sinais mais recentes de arrefecimento do ritmo de alta dos preços.

"A inflação permanece muito alta, mas estou encorajada pelo progresso e a trajetória gerais", disse, durante evento organizado pelo Peterson Institute for International Economics (PIIE).

A dirigente estimou que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, na sigla em inglês) de maio ficou mais baixo que o de abril no acumulado de 12 meses.

"Fiquei encorajada com alguns dos detalhes dos relatórios recentes, particularmente a melhoria contínua da inflação dos serviços baseada no mercado, que se baseia na observação dos preços reais de mercado e não nos valores imputados", ressaltou.

Kugler acrescentou que a inflação de serviços moderou recentemente, mas que a de habitação continua persistente.

Estabilização dos preços

A diretora do Fed afirmou que a inflação nos Estados Unidos ainda está "muito alta" e antecipou que mais progressos na estabilização dos preços devem ser graduais à frente. Mesmo assim, a dirigente disse ver motivos para otimismo de que a normalização da oferta e o esfriamento da demanda levarão à contínua desinflação no país.

Em discurso durante evento do Peterson Institute for International Economics, Kugler comentou que as empresas estão moderando o ritmo de aumento de preços e, em alguns casos, até cortando, em resposta aos riscos à demanda. Ao mesmo tempo, as expectativas de inflação no longo prazo permanecem ancoradas, de acordo com ela.

Notícias